​O Cruzeiro tem pela frente na tarde deste domingo (8) um dos jogos mais importantes de sua história. A partir das 16h (horário de Brasília), a ​equipe celeste recebe o Palmeiras, no Mineirão, precisando vencer e torcer contra o Ceará, que visita o Botafogo, para se manter na principal divisão do Campeonato Brasileiro. De olho na temporada 2020, o clube deve sofrer mudanças em seu elenco.

Ainda sem conhecer em qual série estará no próximo ano, o Cruzeiro já trabalha para reformular seu grupo e, principalmente, conter gastos em sua alta folha mensal. Diante deste cenário, jogadores experientes, com longo tempo na Toca da Raposa, mas que não conseguiram render o esperado nos últimos meses, devem se despedir. Este é o caso de Thiago Neves e Fred.


Fred,Ramon,Thiago Neves

Os dois medalhões encaminham uma reta final de ciclo no Cruzeiro e podem voltar a atuar juntos em 2020. Neste domingo, o ​site Netflu informou que o meio-campista e o centroavante foram oferecidos ao Fluminense. O portal informa que os dois jogadores foram liberados pela diretoria mineira para negociar com outros clubes e que os gastos salariais ficariam em R$ 1 milhões, já que cada um recebe R$ 500 mil por mês. O Flu tenta renegociar os valores.


A direção do Tricolor Carioca está avaliando a possibilidade de "repatriar" a dupla e uma das preocupações é que o time já conta com jogadores de vencimentos altos. Apenas os meias Ganso e Nenê, somados, ganham cerca de R$ 800 mil, em uma folha mensal que gira na casa dos R$ 3,5 milhõesAmigo pessoal de Mário Bittencourt, Fred conversou com o presidente do Flu no Rio de Janeiro, antes do jogo do Cruzeiro contra o Vasco. O nome de Thiago Neves também agrada ao mandatário carioca.