Apesar de não ter conquistado nenhum título, o Vasco está terminando a temporada de bem com a torcida e com projeção para que no próximo ano finalmente consiga brigar por troféus importantes. Desde que Luxemburgo chegou ao comando técnico, o ​Cruz-Maltino melhorou o ambiente internamente e a equipe passou a ganhar simpatia dos torcedores. Para 2020, o treinador vascaíno já afirmou que deseja ter um elenco mais forte para competir com os rivais brasileiros.



FBL-BRAZIL-FLAMENGO-VASCO

Reforços já estão sendo debatidos nos bastidores, mas para conseguir trazer atletas que Luxa deseja, a diretoria do Gigante da Colina já avisou que é necessário vender pelos menos um jogador titular para o futebol europeu. Marrony é o mais cotado para ser negociado e o CSKA, da Rússia, surge como forte interessado no atacante. A informação é da coluna "​De Prima", do jornal Lance.


O jovem de 20 anos já vem sendo monitorado por clubes do Velho Continente desde o começo do ano. Ainda de acordo com a reportagem, além dos russos, um clube italiano, cujo o nome ainda é mantido em sigilo, também está de olho na joia vascaína. O Vascão detém 70% dos direitos econômicos do atleta e espera por propostas bastante vantajosas para sacramentar a venda do jogador.


Marrony é um dos xodós de Vanderlei e virou peça chave no time titular do clube carioca. O atacante ganhou a confiança do treinador e se tornou imprescindível nessa temporada. Por gratidão ao Cruz-Maltino, o jovem não pretende forçar uma saída, por mais que a Europa seja seu sonho, e espera que o negócio seja bom para todas as partes. Alexandre Campello, presidente vascaíno, já avisou aos representantes do jogador que está aberto para ouvir as ofertas e a expectativa é que a transação aconteça em janeiro, na próxima janela de transferências.