​No futebol, há grandes jogadores, craques e aqueles que marcam época. Por isso, sempre que citamos os maiores nomes de todos os tempos, ao mesmo tempo, fica a chateação de não tê-los visto ganhar a Bola de Ouro, premiação entregue anualmente pela revista France Football e reconhecida, por muitos, como mais importante que o troféu entregue anualmente pela Fifa - nesta segunda, ocorre a cerimônia para se conhecer o melhor de 2019. A lista daqueles que não foram agraciados é grande, e nós lembramos apenas doze.




Pelé

FRANCE-PELE

Ganhador de três Copas do Mundo, é considerado inigualável pela maioria dos analistas de futebol. Por isso, o maior atleta de todos os tempos recebeu o apelido de "Rei". Quando jogava, era um prêmio concedido apenas a europeus. Se fosse hoje...



Ferenc Puskas

O húngaro começou a brilhar ainda antes que Pelé, em uma época no qual o prêmio ainda nem existia. Depois, na década de 1960, esteve perto de ganhar o troféu, mas isso nunca aconteceu.



Zico

Zico

Foi um dos maiores camisas 10 de todos os tempos e, mesmo que tenha se destacado muito mais no Flamengo do que na Europa, poderia ter levado a Bola se não fosse a regra de, à época, se escolher apenas europeus como ganhadores.



Diego Maradona

Diego Maradona

Comparado a Pelé, poderia ter levado o troféu ao menos em 1986, quando conduziu a Argentina ao bicampeonato mundial. Mas regras da disputa já referidas impediam a sua eleição.



Paolo Maldini

Paolo Maldini

Não ter reconhecido a carreira do zagueiro italiano é um dos grandes erros da história da premiação. Ele foi exuberante.



Franco Baresi

Franco Baresi

Também fez história com a camisa do Milan e, assim, como a seu parceiro, não foi feita a justiça.



Romário


SOCCER-WORLD CUP-1994-BRAZIL-ROMARIO-TROPHY

Talvez o maior finalizador de todos os tempos, não levou o troféu em 1994, quando garantiu o tetracampeonato mundial à seleção brasileira, porque a premiação passou a considerar atletas de fora da Europa somente no ano seguinte.



Raúl González

Raul

Foi um dos grandes atacantes da história do futebol espanhol e, também, do Real Madrid. No melhor ano de sua carreira, 2001, viu o inglês Michael Owen levar o troféu.



Thierry Henry

Arsenal v Manchester Utd Premier League at Highbury 2001

Ganhou praticamente tudo no mundo do futebol, mas faltou a Bola de Ouro. Por sua condição de exímio finalizador, merecia também este reconhecimento.



Xavi Hernández

Xavi Hernandez

Se não vivesse em uma época na qual Lionel Messi e Cristiano Ronaldo dominam o mundo do futebol, possivelmente teria ficado com uma Bola.



Iniesta

Spain's midfielder Andres Iniesta kisses

Vale o mesmo que para o companheiro de seleção espanhola. Foi o verdadeiro condutor do melhor momento da história da Fúria, campeã do mundo em 2010.



Gianluigi Buffon

Gianluigi Buffon

O italiano está entre os maiores goleiros de todos os tempos. E goleiro também merece ser reconhecido, mesmo que a disputa com atacantes seja desleal.



Iker Casillas

FBL-WC-2018-RUS-KSA

O que este espanhol ganhou não está no gibi. Mas também é goleiro.