​É Brasil contra Argentina. Um gigante de um lado contra um gigante do outro. Quem vai ficar com a taça da Libertadores da América de 2019 ninguém sabe, mas é fato que ​Flamengo e River Plate têm tudo para fazer um jogo também gigante no próximo sábado, em Lima, na primeira final em jogo único da principal competição do continente. E você, flamenguista, sabe como é o retrospecto do seu time contra rivais argentinos no torneio? Pois nós contamos relembramos...



Wagner Love


Os números são bastante positivos. Esta história começa a ser contada em 1982, quando o Fla pegou o mesmo River, na fase de grupos. Defendendo o título conquistado no ano anterior, a equipe carioca venceu os dois duelos (3 a 0 na Argentina e 4 a 2 no Rio de Janeiro). Já em 1991, houve dois duelos contra o Boca Juniors, pelas quartas de final. O Rubro-Negro ganhou por 2 a 1 em casa, mas levou 3 a 0 fora e acabou eliminado.


FBL-LIBERTADORES-SANLORENZO-FLAMENGO


Em 2012, o Lanús apareceu como adversário, na etapa inicial da Libertadores, com empate por 1 a 1 na Argentina e vitória por 3 a 0 em terras cariocas. Na fase de grupos de 2017, os embates foram diante do San Lorenzo, com goleada por 4 a 0 como mandante e derrota frustrante por 2 a 1 em Buenos Aires. Por fim, veio a competição de 2018, com o River novamente no caminho flamenguista logo na primeira fase. E houve dois empates: 2 a 2 em casa e 0 a 0 fora.


Enzo Perez,Vinicius Junior


No total, são dez partidas do Flamengo diante de adversários da Argentina ao longo da Libertadores. O clube acumula cinco vitórias, três empates e apenas duas derrotas, tendo marcado 20 gols e sofrido somente 11. Ou seja, dá para ficar otimista para a decisão do final de semana, no Peru.


Para mais notícias do Flamengo, clique ​aqui.