FBL-FRIENDLY-ARG-URU

O resultado de 2 a 2 foi o que menos importou na noite de segunda-feira em Tel Aviv, Israel. As seleções da Argentina e do Uruguai se apresentaram num amistoso que estava bem longe do clima de amistoso. Com a bola sendo disputada palmo a palmo e reclamações em demasia junto ao árbitro, os sul-americanos saíram de campo com a sensação de que cada oportunidade é importante para entrosar as equipes. E foi o que o técnico Óscar Tábarez apontou ao falar da ausência de Arrascaeta entre os seus pupilos.



O meia do ​Flamengo estava na lista dos pré-convocados para encarar a Hungria e os argentinos, o que levou o treinador a ouvir uma enxurrada de críticas, apesar de o mesmo esclarecer também que o jogador pediu para estar presente. Perguntado pela nossa reportagem sobre a pré-convocação e a desistência de levar o atleta na sequência, o "Maestro" não fez questão de esconder seu descontentamento com a situação:

Arrascaeta


"Quando incluímos o De Arrascaeta na lista de pré-convocados, criamos uma lista ampla, que depois foi reduzida porque se convoca o jogador que vai jogar e viajar. Fui muito criticado por incluí-lo na lista. Me perguntaram 'como vai colocá-lo na lista se ele tem uma final de Libertadores?'. Bom, eu não me sinto como um defensor do Flamengo. A seleção do Uruguai é tão importante quanto qualquer outro time e minha responsabilidade é defender os interesses da seleção do Uruguai", explicou.


Mais adiante, Tábarez detalhou como se deu o corte do nome do camisa 14 rubro-negro da relação dos compromissos recentes da Celeste Olímpica:


FBL-COPA AMERICA-2019-URU-TRAINING

"Nessas situações, eu converso com as pessoas que realmente importam, que são os jogadores. Quando falei com o Arrascaeta, ele me disse 'eu quero jogar pelo Uruguai'. E começamos a fazer algumas negociações, para ver se havia chance de ele vir aos jogos. Para ter tempo suficiente, porque senão só um dia para a final não teria sentido. Eu sei o que é uma final de Libertadores. Por isso eu entendo perfeitamente o que estava acordado. Depois o próprio jogador nos disse que estava com dores no joelho, que não podia...bom, ele não veio agora, mas virá num próximo jogo", concluiu.




Durante o período dos amistosos da Data FIFA, o meio-campista esteve em campo no empate com o Vasco (entrou no segundo tempo) e atuou os 90 minutos contra o Grêmio, saindo como ​um dos principais destaques da vitória por 1 a 0 na Arena na 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Mais detalhes da entrevista