Copa do Mundo 2022

65 dias para a Copa do Mundo: 6 a 5! O jogo do Brasil com mais gols em Mundiais

Antonio Mota
12 gols em um só jogo de Copa do Mundo: uma viagem no tempo para relembrar o show de Leônidas e cia
12 gols em um só jogo de Copa do Mundo: uma viagem no tempo para relembrar o show de Leônidas e cia / Arte: Eduardo Fricks
facebooktwitterreddit

Muito antes de conquistar o troféu mais cobiçado do esporte pela primeira vez, a Seleção Brasileira disputou uma partida de “tirar o fôlego” em uma Copa do Mundo. Em meados de 1938, a amarelinha encarou a Polônia no Estádio Meinau, em Estrasburgo, no Mundial da França, e precisou ir às redes seis vezes para garantir a vitória, já que levou cinco tentos do representante da Europa. Ou seja, o confronto teve 11 bolas no fundo das redes.

Com esse 'caminhão de gols' para os dois lados, o Brasil venceu a Polônia por 6 a 5 e registrou marca que ainda não foi quebrada em sua história. Esta é, até hoje, a partida do País do Futebol com mais gols em Copas do Mundo. O feito já dura mais de 84 anos.

6 a 5: o jogo do Brasil com mais gols em Copas do Mundo

O histórico duelo entre Brasil e Polônia aconteceu no Estádio Meinau, em Estrasburgo, no dia 5 de junho de 1938, e parou a Copa do Mundo da França. Na oportunidade, a Amarelinha estreava no Mundial e não esperava viver tantas emoções, mas acabou vendo de tudo: até um gol do lendário Leônidas da Silva, o Diamante Negro, descalço – o gênio perdeu uma das chuteiras na jogada, mas não desistiu e foi às redes. O atacante, aliás, marcou quatro gols no jogo.

Em campo, Brasil e Polônia empataram em 4 a 4 no tempo regulamentar e decidiram a vaga na prorrogação, onde o pelotão verde e amarelo venceu por 2 a 1 e ficou com a vaga. Vale lembrar que todos os jogos do Mundial eram eliminatórios naquela época, há mais de oito décadas.

Além de Leônidas, outro craque também brilhou naquele jogo: Ernest Wilimowski, da Polônia, que anotou quatro tentos para a sua seleção e ‘infernizou’ a defesa do Brasil. Os brasileiros Perácio (2x) e Romeu Pellicciari também marcaram no jogo, que ainda teve gol do polonês Fryderyk Scherfke.

Após o sonoro triunfo por 6 a 5, o Brasil avançou na Copa do Mundo da França e eliminou a valente Tchecoslováquia nas quartas de final, mas depois caiu para a Itália. A Seleção ainda conquistou o Terceiro Lugar ao bater a Suécia na decisão.

Escalação do Brasil contra a Polônia no 6 a 5: Batatais, Domingos da Guia e Machado; Zezé Procópio, Martim Silveira e Afonsinho; Lopes, Romeu Pellicciari, Leônidas da Silva, Perácio e Hércules. O técnico era Ademar Pimenta.

É válido mencionar que essa também foi durante muitos anos a partida de Copa do Mundo em que o Brasil mais sofreu gols: cinco. A marca caiu na década passada, em 2014, na derrota por 7 a 1 para a Alemanha, no Maracanã, no Mundial disputado dentro do próprio país.

facebooktwitterreddit