​O futuro do atacante Neymar é um dos assuntos que mais desperta interesse e curiosidade dos torcedores do Brasil e de todo o mundo. Após as fracassadas negociações com o ​Barcelona na última janela de transferências, o brasileiro acabou permanecendo no Paris Saint-Germain, porém, o clima no clube francês já não era mais o mesmo, pois após forçar a sua saída, Neymar foi vaiado e xingado pela torcida.


Neymar Jr

O secretário técnico e ex-jogador do Barcelona, Éric Abidal, falou em entrevista sobre a possibilidade de acerto com o atleta brasileiro e não descartou a volta do atacante. "No nível esportivo, não há dúvida de que ele é um jogador que você precisa assinar, porque não existem jogadores como ele no mercado. Sempre seguimos os melhores jogadores. Se continuar nesse nível, porque a temporada é longa, não direi que será a opção número 1, mas pode ser uma opção clara. Cada mercado é diferente, nunca o descartamos", revelou.


Abidal também falou sobre a última janela de transferências, onde Neymar e Barcelona abriram negociações. "O desejo claro do jogador era retornar ao Barça, mas uma coisa é a questão econômica e até onde o clube pode ir. Começamos a negociar e vimos desde o início que o preço colocado não era o preço que o jogador realmente valia. Você não pode pagar tudo o que pedem. Não podemos errar e com Neymar não estaríamos errados", comentou.


A alta pedida do Paris Saint-Germain realmente foi o fator que impediu a volta do atacante brasileiro ao clube catalão. Os franceses pretendem recuperar pelo menos parte do investimento feito no craque, que custou cerca de 222 milhões de euros aos cofres da equipe, vindo justamente do Barcelona. "Havia uma possibilidade real de assinar. Fomos à França porque a operação poderia ser feita. E, no final, não conseguimos devido aos valores pedidos pelo PSG", concluiu Abidal.