​O Grêmio encerrou na manhã de hoje (16) sua preparação para mais uma partida do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (17), às 16h, a equipe recebe o Flamengo, na Arena, em Porto Alegre, em jogo válido pela 33ª rodada. Enquanto o​ Tricolor Gaúcho reencontra os cariocas de olho na consolidação no grupo dos quatro primeiros, os Rubro-Negros querem ficar ainda mais próximos do título.

A partida deste final de semana será a primeira entre as duas equipes após a semifinal da Copa Libertadores da América, que contou com o triunfo de 5x0 do Flamengo, no jogo da volta, no Maracanã. Em entrevista coletiva no CT Luiz Carvalho, o meio-campista Alisson projetou o reencontro com a equipe do técnico português Jorge Jesus e mandou um recado, destacando que o Grêmio pode igualar o duelo dentro das quatro linhas, e relembrou as conquistas recentes do clube. 


Alisson

"Foram jogos contra o Flamengo onde fizemos grandes jogos, infelizmente, naquele da Libertadores, sabemos que erramos, mas vai ser uma grande partida na qual temos totais condições de fazer um grande jogo e continuar buscando o nosso objetivo na competição, que é colocar o Grêmio no G4, com a vaga direta na Libertadores", disse o camisa 23, que descartou clima de "revanche".


"Revanche não, de forma alguma. Foi mérito do Flamengo o que fizeram com a gente, foram melhores, por isso que estão na final da Libertadores. Isso passou, é outra competição, Campeonato Brasileiro, cada um em busca de seus objetivos. É mais um jogo entre Grêmio e Flamengo, duas equipes de grande qualidade. O Flamengo esse ano vem fazendo grandes partidas, o Grêmio vem conquistando títulos há três anos. Vamos colocar em prática o que estamos fazendo nos últimos jogos após a eliminação, estamos com cinco jogos sem perder", completou. 

Para o duelo, o técnico Renato Portaluppi tem desfalques e mantém uma dúvida na equipe titular. Na defesa, o companheiro de Pedro Geromel será David Braz, que substituirá Walter Kannemann, convocado pela Seleção Argentina. Já no setor de meio de campo, Michel e o jovem Darlan disputam a vaga de Matheus Henrique, chamado para amistosos da Seleção Brasileira Sub-23.