O Vasco curte o bom trabalho de Vanderlei Luxemburgo e espera alçar voos maiores nas próximas temporadas. Almejando conquistas no futuro, o torcedor também sonha com o retorno de jogadores revelados no clube e que atuam no exterior. Durante​ entrevista ao repórter Marcelo Guimarães, do site Yahoo Esportes, o volante Souza, que deixou o Gigante da Colina em 2010, abriu o jogo sobre suas pretensões para o futuro.

Atualmente com 30 anos, o meio-campista tentou o retorno nesta temporada depois de tratar lesão no clube, mas não conseguiu liberação do Al-Ahli Jeddah, da Arábia Saudita. Nos próximos anos, Souza tem como pretensão voltar a vestir a camisa doVasco e divide a vontade com outros ex-jogadores da equipe. Ele revelou, inclusive, contatos com Alex TeixeiraPhillippe Coutinho e Alan Kardec.


FBL-ASIA-C1-AHLI-HILAL

"Falo com menos de frequência com o Alex, mas é um cara que eu tenho um carinho muito grande. Eu falo diariamente com o Philippe e com o Kardec. Mas eu lembro também da última vez que falei com o Alex. É um desejo voltarmos ao clube que nos revelou. A gente sabe que a realidade do Philippe é um pouco diferente, é um pouco mais complicada. Mas no último final de semana, eu estava na casa dele e falamos muito sobre isso. Sinceramente, ele não tem o desejo de voltar para o Brasil", disse.


"Mas, se ele tiver essa oportunidade, seria ótimo voltar para o Vasco, como todos juntos, podendo dar alegrias aos torcedores. Isso é real, mas cada jogador está em um clube diferente, com contratos diferentes. Não é tão fácil assim, mas creio que, depois de 2021, todos os jogadores vão estar em término de contrato, ou com contrato já terminado. Aí fica um pouco mais fácil da gente juntar essa galera e voltar para o Vasco", adicionou Souza, que ressaltou seu carinho pelo Cruz-Maltino.

"Todos sabem o carinho que eu tenho pelo Vasco (...) O Vasco passa por uma reformulação, o Vanderlei (Luxemburgo) tem feito um trabalho maravilhoso. O presidente Alexandre Campello tem tentado organizar o clube e sabemos que isso leva um tempo. O nosso maior rival, que é o Flamengo, levou um tempo para ser a potência que é hoje. Então, indo pelo caminho correto, o Vasco voltará a brigar por grandes títulos porque é um grande clube, é um clube de massa. Tem milhões de torcedores espalhados pelo Brasil e pelo Mundo. Não tenho dúvidas que, em breve, voltará a brigar por grandes títulos", completou.