​Dentre os tantos motivos que levaram ao 'fim do casamento' entre torcida do ​Corinthians e o Fábio Carille, está o constante desprestígio do treinador ao centroavante Mauro Boselli, contratado no início do ano para ser o camisa 9 alvinegro. Visto por muitos como o nome ideal e mais técnico para assumir a referência da equipe, o argentino chegou a ser terceira opção com o comandante, atrás de Gustavo e Vagner Love.


​​Os números de Boselli, no entanto, contrariam a hierarquia outrora imposta pelo ex-treinador do Corinthians. De acordo com o levantamento do ​Globoesporte, o camisa 17 é o jogador com melhor média de finalizações certas do elenco alvinegro: são 15 conclusões em direção ao gol em 17 jogos disputados, média de 0,88/partida. O segundo com melhor aproveitamento em finalizações certeiras é o meia Pedrinho: 21 em 25 jogos, média de 0,84/jogo.


O centroavante argentino é o artilheiro do time paulista na competição, com seis bolas na rede. Para anotar os seis tentos, Boselli precisou de apenas sete toques totais na bola, ou seja, costuma ser cirúrgico quando as chances claras lhe surgem. No total, ele soma apenas 4,46 minutos de posse de bola neste Brasileirão. 

FBL-SUDAMERICANA-DELVALLE-CORINTHIANS

Sob a batuta de Dyego Coelho - treinador do Sub-20 que atuará como interino daqui ao final de 2019 -, Mauro Boselli tem sido titular e assim deve seguir na próxima rodada, quando o Corinthians terá pela frente um adversário direto na briga pelo G-6: o ​Internacional.