Neste domingo (10), ​Flamengo e Bahia se enfrentam pela rodada 32 da ​Série A do Brasileirão, duelo programado para acontecer às 18h de Brasília, no Maracanã. Além dos objetivos dos dois clubes - os cariocas lideram o torneio e podem abrir vantagem ainda maior para o segundo colocado, enquanto os baianos ainda sonham com o G-6 -, este confronto conta com um outro ingrediente especial: o Tricolor de Aço foi o último algoz rubro-negro na competição.


Pela rodada 13 da competição nacional, o ​Bahia deu um verdadeiro 'nó tático' no ​Flamengo de Jorge Jesus, impondo-lhe aquela que ainda é a pior derrota do clube sob o comando do português: 3 a 0, com direito a hattrick do centroavante Gilberto. Na ocasião, a estratégia do Esquadrão foi de jogar reativamente na Arena Fonte Nova, explorando contra-ataques e explorando especialmente o setor de Filipe Luís, que fazia sua estreia com a camisa rubro-negra. O lateral-esquerdo estava há poucas semanas em solo brasileiro e, sem ritmo, acabou se destacando negativamente na partida.

Filipe Luis

A dura derrota foi difícil de ser assimilada na Gávea, mas acabou se transformando em uma lição valiosa. Com seus reforços da janela de meio de ano mais entrosados e com maior tempo de trabalho de Jesus, este revés para o Tricolor Baiano acabou se tornando o último do clube carioca pelo Brasileirão, ao menos até o momento. Desde o dia 4 de agosto, são 18 partidas de invencibilidade pelo time rubro-negro, com 16 vitórias e dois empates somados.


O Flamengo tornou-se mais sólido/compacto defensivamente, concedendo bem menos espaço pelos flancos. Gerson e Willian Arão, apesar de não serem exímios marcadores por característica, têm ajudado demais na contenção e na proteção da linha defensiva. Bruno Henrique e Everton Ribeiro também exercem função tática vital na recomposição.

Bruno Henrique,Everton Ribeiro

Se o clube da Gávea cresceu demais em desempenho, o Esquadrão vem fazendo o caminho inverso no returno do Brasileirão. Menos intenso, menos letal e mais exposto na defesa, o Tricolor de Aço amarga sequência de cinco partidas sem vencer, com seu último triunfo datando de 16 de outubro. A disparada rubro-negra, aliada ao notável declínio tricolor, tornam bastante improvável uma repetição do enredo do primeiro turno nesta rodada 32. Mas futebol é uma caixinha de surpresas, e tudo pode acontecer no Maracanã.


Para saber detalhes do duelo entre Flamengo e Bahia, confira o pré-jogo ​aqui.