​O São Paulo tem como principal objetivo na reta final do Campeonato Brasileiro assegurar uma vaga direta na próxima edição da Copa Libertadores da América. Na quarta posição com 52 pontos, dois a mais que o Grêmio, primeiro time fora do G4, o Tricolor Paulista encara o Fluminense, nesta quinta-feira (7). Já de olho em 2020, o clube entende a necessidade de reforços.

Iniciando o planejamento para a próxima temporada, o São Paulo conta com um jogador que retornará de empréstimo e agrada Fernando Diniz. Trata-se de Shalyon, de 22 anos, que surgiu no time profissional no Morumbi em 2017. O meio-campista atualmente está cedido ao Bahia, que não demonstrou interesse em renovar o contrato. Na temporada, são 28 atuações e cinco gols marcados.

FBL-SUDAMERICANA-LIVERPOOL-BAHIA


Em Salvador, Roger Machado, apesar de não utilizar o jogador desde o dia 28 de julho, no empate com a Chapecoense, gosta de seu futebol. No entanto, a diretoria do Bahia não tem interesse em pagar 5 milhões de euros (aproximadamente R$ 22,25 milhões) pelos 50% dos direitos econômicos que pertencem ao São Paulo. O restante do passe está vinculado a Chapecoense. A informação é do​ site UOL Esporte.

O Tricolor Paulista vive um momento difícil financeiramente, acumulando um déficit de R$ 77 milhões em 2019. Diante desta condição, um reforço 'caseiro' e sem custos e visto com bons olhos. Com pouco mais de um mês no cargo, o técnico Fernando Diniz já conhece a real situação do São Paulo e vê com bons olhos a volta de Shaylon, vendo a possibilidade de o meia, com suas características, se tornar peça importante no elenco.