​Após a vitória contra o Avaí por 1 a 0 que colocou o ​Tricolor de volta no grupo dos quatro primeiros colocados do Brasileirão, o São Paulo teve uma segunda-feira (21) de folga aos atletas, já que não há compromisso no meio de semana. O dia após o triunfo sobre os catarinenses serviu para que o departamento médico do clube avaliasse melhor os defensores Juanfran e Bruno Alves.


​​

Bruno Alves,Lincoln

Enquanto o espanhol sequer foi relacionado para o jogo contra o Avaí por uma contratura muscular na coxa esquerda, Bruno foi o alvo de um pisão do atacante Brenner, que acabou resultando na expulsão do atleta da equipe de Santa Catarina. O zagueiro não foi submetido a exames, pois após a avaliação feita pelo DM, não se julgou necessário uma análise mais profunda


Já Juanfran segue fazendo fisioterapia e sua evolução será avaliada durante a semana. Portanto, o lateral espanhol é dúvida para a próxima partida do Tricolor, contra o Atlético-MG, no estádio do Morumbi. O zagueiro Anderson Martins, que estava fora por dores no joelho, será novidade nos treinamentos e poderá voltar a estar a disposição do técnico Fernando Diniz para o duelo contra o Galo mineiro.


Neste momento, Pablo, Toró, Everton e Joao Rojas são os atletas que integram o departamento médico do São Paulo. Para o jogo contra o Atlético-MG, nenhum deles deverá estar disponível. A partida será realizada a partir das 16h (horário de Brasília). O objetivo do Tricolor será manter a quarta posição, ficando a frente dos rivais diretos (Corinthians, Internacional, Grêmio e Bahia) pela vaga direta na próxima Libertadores da América.