​Athletico-PR e ​Palmeiras se enfrentam neste domingo pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo, na Arena da Baixada, faz mais uma vez surgir a discussão sobre a adoção de grama sintética em estádios. Mas por qual razão se levanta novamente esta questão? É que o Palmeiras cogita seguir o modelo praticado pelo Furacão e também pensa em colocar um piso artificial do Allianz Parque. Será esta, então, uma tendência?


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!



Rony,Camilo Mayada


Eu, sinceramente, não sou desses que vou culpar um gramado artificial por uma derrota de um time. Mas também não gostaria de ver aumentar esta discussão a cada vez que uma equipe vai enfrentar outra em uma situação com esta e levanta este tipo de dúvida. Não tenho nada contra o gramado sintético, mas, partindo do princípio que o brasileiro não enxerga seus defeitos e dá desculpa para tudo, também tenho tudo a favor da grama natural justamente para evitar se colocar "culpas infundadas" para justificar um mau resultado.


Palmeiras v Atletico MG - Brasileirao Series A 2019


Não sou especialista em grama, mas se ainda existe margem para este tipo de discussão, é melhor evitar, ao menos por enquanto. É verdade, há gramas artificiais boas e ruins, assim como há gramas naturais boas e ruins. O que vale é o cuidado que se tem com o campo de jogo, que precisa ser tomado como aliado do bom futebol. Mas, conhecendo o jeito que o brasileiro trata as coisas do esporte, não vamos dar margens para ele não olhar para o seu umbigo. Ok, alguém pode dizer: mas se todos os times adotarem grama artificial, ninguém vai poder reclamar. Daí eu retruco: mas certamente vai ter alguém para dizer que a minha grama é melhor que a sua e, portanto, as condições de enfrentamento são desiguais. Sabemos como funciona.