​Contratado há duas temporadas pelo PSG por nada menos que 222 milhões de euros - maior transferência da história do futebol mundial -, ​Neymar já é considerado um negócio malsucedido, ao menos aos olhos de muitos torcedores franceses. Além da relação turbulenta com o craque, seu custo-benefício tem sido posto em xeque desde o ano passado, quando o camisa 10 entrou em uma verdadeira 'temporada de lesões' em sua carreira.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

Neymar da Silva

​​Nesta sexta-feira (18), o clube parisiense entra em campo contra o Nice pelo Campeonato Francês, partida que não contará com a presença do camisa 10. Diagnosticado com uma ​lesão muscular de grau 2 após amistoso do Brasil contra a Nigéria, Neymar precisará de pelo menos quatro semanas para retornar às atividades, aumentando ainda mais suas ausências desde que chegou ao clube da capital.


​Blog do Rafael Reis apurou o número de vezes que Neymar desfalcou o PSG, e a realidade assusta bastante: já contabilizando o duelo deste fim de semana, o brasileiro terá perdido 53 partidas desde que chegou ao clube em 2017, o que simboliza 42,3% dos jogos totais do atual bicampeão francês.

FBL-EUR-C1-PSG-BELGRADE

Neste mesmo recorte temporal, os maiores grandes do futebol mundial, ​Lionel Messi e ​Cristiano Ronaldo, só desfalcaram suas equipes por dez e oito vezes, respectivamente. Vale lembrar que o brasileiro é consideravelmente mais novo em relação aos dois gênios citados: Neymar tem 27 anos, enquanto o argentino tem 32 e o português, 34.