Depois de uma série de negociações, a diretoria do ​Vasco conseguiu um importante avanço importante para segurar uma das principais joias do seu atual elenco. Alexandre Campello e Talles Magno já têm prazo estabelecido para que a prorrogação de contrato seja sacramentada entre as partes. O assunto está sendo acompanhado pelo novo empresário do atleta, Carlos Leite, que busca preservar os direitos do jogadores e oficializar o novo e melhor vínculo. 

Segundo o jornal ​O Globo, a diretoria do Vasco conseguiu acertar com o agente para a terceira semana de outubro a prorrogação do novo vínculo com o atacante. O contrato terá duração até o final de 2023, com uma multa rescisória de R$ 273 milhões. Anteriormente, o vínculo do jogador iria até junho de 2020; agora, além de aumentar o tempo junto ao Cruz-maltino, aumenta sua multa rescisória dada a sua evolução e o tamanho destaque que possui atualmente, chamando atenção no cenário nacional, inclusive de rivais como o Flamengo, clube onde teria sido oferecido, anteriormente, e negado se transferir.


Bruno Henrique,Talles

Além do Flamengo, o jovem jogador do Gigante da Colina despertou interesse do Palmeiras ainda para esta temporada e acabou não avançando entre as partes por conta do imbróglio com os empresários, mas as negociações não evoluíram e o atleta deixou claro para a diretoria vascaína que seu desejo é ficar por mais tempo em São Januário e se firmar cada vez mais na equipe carioca.

Outro entrevero que ficou acertado foi a troca de empresários, vez que o atleta era representado pela LifePro e, com o término do vínculo com os agentes, entrou em acordo com o representante Carlos Leite. Nesse meio tempo, a diretoria do Gigante da Colina procurou o novo agente do atleta para acertar os detalhes do novo compromisso do destaque vascaíno por mais tempo em São Januário.


Foto: ​Rafael Ribeiro/Vasco.com.br