A torcida do Flamengo está acostumada a ver o seu clube de coração realizando grandes contratações, inclusive, de nível europeu. Foi assim com Rafinha, quando o vice-presidente de futebol flamenguista, Marcos Braz, passou seis meses tentando a sua contratação e conseguiu convencer o jogador em junho. Outra situação parecida com a de Filipe Luís: o lateral-esquerdo só voltou ao Brasil porque era para jogar no Flamengo.



Thiago Silva,Edinson Cavani

Essa temporada, o ​Mengão foi o clube brasileiro que mais investiu em contratações e pagou mais de R$ 150 milhões em reforços. Com uma seleção montada, o técnico Jorge Jesus está sendo o grande maestro e colocando a equipe para jogar da forma que o torcedor gosta: ofensivamente. Liderando o Campeonato Brasileiro e na semifinal da Copa Libertadores, o Fla vem empolgando ainda mais a Nação, que sonha alto.


Na tarde desta quarta-feira (09), surgiu a informação que Edinson Cavani está de saída do Paris Saint-Germain. A informação é do portal ​ESPN. O jogador tem contrato apenas até junho de 2020, mas não foi procurado para renovar e pode se despedir do clube francês já em janeiro do ano que vem, caso apareça propostas interessantes. Bastou a possibilidade real do uruguaio deixar Paris para a torcida Rubro-Negra repercutir a notícia e pedir sua contratação.


A movimentação entre os flamenguistas foi bastante intenção e muitos marcaram o perfil oficial de Marcos Braz no Twitter. Na visão da torcida, Cavani é o tipo de jogador que encaixaria perfeitamente no time em 2020 e, como o clube pensa cada vez mais alto, daria para fazer um investimento desse tamanho. No entanto, pelo menos até o momento, o centroavante no Mais Querido ainda não passa do imaginário da Nação.  

​​

​​

​​