​Passado mais de um ano desde o encerramento da Copa do Mundo de 2018, as maiores seleções do futebol mundial vivem a primeira parte de seus novos ciclos visando o próximo Mundial, programado para acontecer no Catar em 2022. Mas quem tem brilhado e quem tem decepcionado desde o título da França em solo russo? O ​Blog do Rafael Reis apurou quem são os dez melhores selecionados (em aproveitamento total) desde o fim desta competição.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

​​Algoz da Seleção Brasileira nas quartas daquele Mundial, a Bélgica é a melhor seleção do mundo neste período citado. São doze jogos oficiais disputados pelos 'Diabos Vermelhos' no pós-Copa do Mundo, com dez vitórias, um empate e apenas uma derrota, o que significa um aproveitamento total de 86,1% dos pontos disputadas. Os únicos tropeços aconteceram nos duelos contra Holanda (1 a 1) e Suíça, única seleção a conseguir impor um revés aos belgas.

FBL-EURO-2020-QUALIFYING-SCO-BEL

Vale lembrar que este levantamento não ranqueia/mede a qualidade dos rivais encarados por cada seleção. O Brasil aparece na quarta posição, com 13 vitórias, quatro empates e uma derrota, somando aproveitamento total de 79,6% de aproveitamento em seus compromissos pós-Mundial: amistosos, Copa América e etc. O único revés foi contra o Peru.

Neymar Jr.,Christofer Gonzales

Confira as 10 melhores seleções em aproveitamento no pós-Copa 2018:

Seleção​Aproveitamento total​
​1) Bélgica​86,1%
​2) Espanha​83,3%
​3) Senegal​80,9%
​4) Brasil​79,6%
​5) França​77,8%
​6) Itália​75%
​7) Colômbia​73,8%
​8) Egito​73,8%
​9) Inglaterra​72,2%
​10) Portugal​72,2%