​O empate de 1 a 1 da Ferroviária e Corinthians no jogo de ida da final do Campeonato Brasileiro Feminino na arena Fonte Luminosa em Araraquara, interior de São Paulo, representou bem o que foi a partida. Aline Milene abriu logo a 55 segundos e Erika empatou para o alvinegro paulista. O duelo deixou os fãs de ​f​utebol feminino mais animados para a volta, dia 29 de Setembro, às 14h, no Parque São Jorge.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!


Muitos não imaginavam que a Ferroviária seria um forte oponente, alguns até chegaram a debochar. Porém, ouso falar que essas pessoas não entendem ou demorarão para ter noção que futebol masculino é outra categoria. Lá, times como Boca Juniors, Real Madrid, Olympique de Marselha têm uma camisa de peso que ainda não adquiriram no feminino. Por aqui, não é muito diferente.



O time de Araraquara conseguiu segurar o empate, mesmo com a grande pressão do Corinthians. E o feito foi enorme: ​a equipe alvinegra ostentava uma série impressionante de 34 vitórias consecutivas, que foi até parar no Guinness Book, o livro dos recordes. A locomotiva conseguiu anular a pressão adversária.


Com uma defesa sólida, um ataque rápido, e a ótima goleira Luciana, a AFE pode e deve ir com tudo para São Paulo no próximo domingo e lutar em busca do seu segundo título do Brasileirão. O primeiro foi conquistado em 2014. Cinco anos depois, a taça pode ser levantada novamente, resta esperar o desfecho desta bela história. Expectativa que só aumenta para o jogão, fechando uma competição que certamente já mudou muita coisa no futebol feminino nacional.



Foto: Divulgação/Felipe Blanco/Ferroviária SA/Instagram