​Após surgir como um meteoro no início do ano pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, a vida do garoto Talles Magno, à época com 16 anos, mudou completamente. Promovido ao time principal do ​Vasco da Gama pouco tempo depois, o jovem atacante rapidamente atingiu o posto de 'xodó' da torcida, ganhou moral com Luxemburgo, anotou seus primeiros gols como atleta profissional e viveu suas primeiras convocações para a Seleção Brasileira Sub-17.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

​​Essa mudança completa/radical de patamar em sua vida profissional poderia, obviamente, mexer com o ego, com as expectativas e com a rotina de Talles. A 'badalação' e os holofotes, no entanto, são coisas que parecem não atrair o jovem atacante: mesmo com seu nome estampando todos os jornais e noticiários esportivos nacionais, seu dia a dia se mantém na mesma batida dos tempos de 'anonimato'.


Como destaca o ​UOL Esportes, Talles se mudou recentemente para o bairro de São Cristóvão, situado na zona norte do Rio de Janeiro, bem próximo ao Estádio de São Januário. Apesar da mudança, o garoto segue cultivando as amizades de infância construídas no local onde nasceu, no bairro do Camorim (Zona Oeste). Avesso à baladas, suas folgas são dedicadas à família, amigos, namorada, praia e igreja, sempre que possível.

Apesar de seguir com os 'pés no chão' e simplicidade, Talles Magno já testemunha uma pequena comoção ao seu redor por conta de seu enorme potencial. Temendo perder a joia para um clube rival, ​o Vasco já abriu tratativas para renovar seu contrato e ajustar seu salário, mas encara um entrave delicado de bastidores: um 'cabo de guerra' entre a Life Pro, empresa que atualmente agencia o jogador, e o empresário Carlos Leite.