​Precisando encorpar o seu sistema defensivo - setor tido como o mais frágil do elenco, principalmente pelas constantes lesões -, o ​Fluminense buscou dois jogadores que estavam livres no mercado de transferências: Luccas Claro, zagueiro de 27 anos revelado pelo Coritiba; e Orinho, lateral-esquerdo de 24 anos recentemente dispensado pelo Santos. Os dois foram aprovados nos exames médicos e devem ser oficializados em breve pelo clube


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

​​Para o torcedor tricolor que não conhece os dois novos reforços, o ​Globoesporte trouxe um resumo da trajetória, momento e características dos contratados. Confira:


Luccas Claro

FBL-SUDAMERICANA-CORITIBA-ATLNACIONAL

O zagueiro de 27 anos começou sua carreira no Coritiba e por lá atuou até 2016, ano em que se transferiu ao futebol turco, mais especificamente ao Gençlerbirligi. No novo clube, foi titular ao longo das últimas três temporadas, somando 74 partidas totais. Não é um zagueiro tão alto (1,83m), mas é bom no jogo aéreo e tem a força física como principal característica. Sua maior fragilidade é na saída de bola, ou seja, teria muitas dificuldades no estilo de Diniz. Sua última partida oficial foi no mês de maio, ou seja, deve levar um tempo até readquirir ritmo.


Orinho

FBL-SUDAMERICANA-RIVERURU-SANTOS

Revelado pela Juventus (SP) em 2015, Orinho logo chamou atenção do ​Santos, que pinçou sua contratação logo para a temporada seguinte. Na Vila, encontrou forte concorrência em seu setor e só somou dois jogos oficiais entre 2016/17, cenário que culminou em seu empréstimo à Ponte Preta. No clube campineiro, viveu seu melhor momento a nível de desempenho e continuidade, terminando 2018 com 35 jogos. Assim como Luccas Claro, está sem jogar há um bom tempo: sua última partida foi em março, no Paulistão. É jovem, veloz e tem potencial, mas tecnicamente deixa a desejar em fundamentos básicos.