FBL-EUR-C1-REALMADRID-RODRIGUEZ

7 jogadores que foram contratados após estourarem numa Copa do Mundo

Defender sua seleção numa Copa do Mundo  é uma das grandes oportunidades na vida de um jogador de futebol. Além de representar seu país dentro de campo diante dos melhores do planeta, é também a chance de mostrar suas qualidades para os grandes clubes. Não à toa, grandes contratações acontecem justamente após a realização de mundiais. Pensando nisso, nós do 90min trouxemos alguns casos para vocês. Confiram!


1. Fabio Cannavaro no Real Madrid (2006)

Após sua grande atuação na Alemanha em 2006, o símbolo e capitão da Itália - a campeã mundial - levou o zagueiro a fazer as malas de Turim para Madrid, ao se tornar jogador do Real em troca de 7 milhões de euros. Cannavaro tinha 33 anos na época da transferência e naquele ano foi escolhido Bola de Ouro pela FIFA. O torneio realizado na Alemanha impulsionou e muito a negociação.

2. Sami Khedira e Mesut Özil no Real Madrid (2010)

Uma equipe alemã jovem e renovada chegou às semifinais da África do Sul em 2010 com Khedira e Ozil como duas de suas grandes figuras. O Real Madrid não titubeou e comprou o primeiro diretamente do Stuttgart e o segundo do Werder Bremen.

3. Asamoah Gyan no Sunderland (2010)

Devido a um importante gol de Gyan, Gana alcançou as quartas de final de uma Copa do Mundo pela primeira vez em sua história e estava muito perto de entrar nas semifinais se o então atacante do Rennes não desperdiçasse a penalidade que tinha no último minuto contra o Uruguai (a mão de Suárez, lembram?). Apesar deste erro, Gyan se destacou na África do Sul, o que levou a Sunderland a comprá-lo por 16 milhões de euros.

4. Keylor Navas no Real Madrid (2014)

A Costa Rica foi uma das grandes revelações da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, e seu arqueiro tornou-se sua grande figura naquele torneio. O talento de Keylor chamou a atenção do Real Madrid, um clube que não hesitou em investir 10 milhões de euros ao comprá-lo junto ao Levante.

5. James Rodríguez no Real Madrid (2014)

A Copa do Mundo de 2014 no Brasil marcou a ascensão de James à categoria de grandes estrelas. Chuteira de ouro daquela Copa do Mundo com 6 gols, o Real Madrid (sempre eles!) não perdeu a oportunidade. Comprou do Mônaco por 80 milhões de euros logo após a competição.

6. Gilberto Silva para o Arsenal (2002)

Poucos na Europa sabiam quem era o volante Gilberto Silva  antes da Copa do Mundo de 2002. No entanto, depois de tornar-se peça-chave do esquema de Luiz Felipe Scolari na conquista do penta, o atleta foi vendido pelo Atlético-MG ao Arsenal por 7 milhões de dólares.