​O clima no ​Palmeiras melhorou bastante após as duas primeiras partidas sob o comando de Mano Menezes. Esbanjando novos ares, o time alviverde arrancou importante virada diante do Goiás e venceu depois com autoridade o Fluminense no Allianz Parque. Os seis pontos foram importantíssimos para que o Verdão chegasse aos 36 pontos e ficasse a apenas três do líder Flamengo. Dependendo dos resultados da rodada do fim de semana, os palestrinos podem empatar na ponta da tabela. 



Ainda que a situação tenha melhorado pelos lados da rua Palestra Itália, a reformulação drástica do elenco é um planejamento que seguirá a rigor pelo diretor de futebol Alexandre Mattos e o gerente Cícero Souza. Com aval do presidente Maurício Galiotte, os dirigentes vão fazer uma verdadeira "limpa" no plantel e liberar os jogadores em final de contrato e que não interessam ao clube e aqueles que vêm encostados. 


FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-JUNIOR

Da segunda lista, está o atacante Deyverson. De protagonista do título brasileiro do ano passado e "talismã" de Felipão, o camisa 16 foi para o banco de reservas e hoje é a terceira opção de Mano, atrás de Luiz Adriano e Borja. E olha que Henrique Dourado sequer estreou e também pode colocá-lo mais para baixo da fila. Com contrato até junho de 2022, ele deve ser emprestado a partir de janeiro


De acordo com informações apuradas pelo ​jornalista Guilherme Costa, que traz novidades exclusivas sobre o ambiente do Palmeiras, a Chapecoense é uma das equipes interessadas em contar com o centroavante em 2020. Desde o trágico acidente que vitimou 71 pessoas, entre jogadores e membros da comissão técnica da Chape, os dois clubes ficaram muito próximos e o Verdão, inclusive, colaborou com a reconstrução do elenco do time catarinense. Na época, o zagueiro Nathan, o volante Amaral e o lateral-direito João Pedro desembarcaram na Arena Condá.


Deyverson vem em baixa desde a chegada de Mano ao clube e sequer ficou no banco de reservas contra o Fluminense. Em entrevista coletiva pós-jogo, o treinador justificou a ausência do centroavante pela fartura de opções no plantel palestrino e assegurou posteriormente que vai dar chances ao camisa 16. Vale lembrar que o centroavante recebeu proposta do futebol chinês e, por intermédio de Felipão, acabou a recusando em fevereiro.

O próximo jogo do Palmeiras acontece neste sábado (14) contra o Cruzeiro, às 19h (horário de Brasília), no Allianz Parque. Como a assessoria do clube não divulga mais a lista de relacionados, o torcedor terá que esperar até a hora que a delegação chegar ao estádio para ver se o atacante vai, ao menos, para o banco.