​A derrota acachapante por 4 a 1 para o Grêmio, em pleno Independência, trouxe algumas consequências de grandes proporções nos bastidores do ​Cruzeiro. Visivelmente consternado em coletiva pós-jogo, Rogério Ceni revelou que mudanças serão necessárias para que ele siga no comando celeste. Apesar de não ter citado nomes - justamente para não acirrar ainda mais os ânimos na Toca -, os principais atingidos pelas alterações do novo comandante devem ser os chamados 'medalhões' do elenco.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

​​De acordo com a apuração do ​UOL Esportes, alguns veteranos estão na 'berlinda' junto à comissão técnica e devem perder espaço na Toca da Raposa. Fred, Thiago Neves, Robinho e Edílson podem ser afastados dentro dos próximos dias, muito em função do treinador estar em busca de uma formação mais leve, jovem e competitiva. Ainda não se sabe, porém, como será o gerenciamento da situação desses medalhões: se realizarão atividades à parte para aprimoramento físico ou se, simplesmente, deixarão o clube.

Publicamente criticado por Thiago Neves após a derrota por 3 a 0 para o Internacional pela Copa do Brasil, Rogério Ceni se vê com moral baixa junto a alguns nomes que formavam a 'espinha dorsal' de Mano Menezes: "Não adianta vir aqui e dar declarações para depois se arrepender. Temos que fazer algumas mudanças. Não é tirar ou afastar, mas alterar o comportamento. Talvez fazer uma intertemporada para alguns atletas. Talvez tenhamos que mudar a maneira de jogar. Por mais que goste de futebol ofensivo e de qualidade de jogo, eu preciso mudar. Teremos que fazer um time mais forte e competitivo", afirmou.