Se a fase do ​Palmeiras não anda nada boa, seja com erros seguidos da arbitragem contra o time no Campeonato Brasileiro ou a perda de confiança após a Copa América, é bom que Felipão se cuide. Na noite deste domingo (18), o departamento médico do clube informou que a equipe alviverde sofrerá um desfalque considerável para a sequência do Brasileirão e da Libertadores, em que o Verdão começa a disputa de quartas de final contra o Grêmio. 


O lateral-direito Mayke passou por exames ao longo do dia em Porto Alegre e os médicos do Palmeiras detectaram uma lesão muscular no tendão adutor da coxa direita e o atleta terá que passar por uma cirurgia. O ala foi substituído no segundo tempo do empate com o Grêmio, na Arena do rival, e deixou o campo chorando. A operação foi justificada pelo Verdão para "garantir a plena recuperação" - como é de praxe, não há prazo de recuperação definido pelos médicos.


Hector Fertoli,Mayke,Felipe Melo

Titular no ano passado durante boa parte da campanha que culminou no título brasileiro, Mayke vem sofrendo com lesões em 2019. Recentemente o camisa 12 esteve sob cuidados dos médicos do Palmeiras tratando dores no púbis - antes do jogo contra o Grêmio, o lateral-direito não atuava desde maio, quando entrou em campo pela Copa do Brasil diante do Sampaio Corrêa. 


Agora Felipão terá apenas Marcos Rocha como opção para o lado direito - ele será titular contra o Grêmio na terça-feira (20) pela Libertadores -, mas Jean, que anda sumido no plantel palmeirense, poderá voltar ao time como opção na lateral. Uma terceira alternativa, mas bem menos provável, é utilizar Fabiano, que vem sendo sondado em clubes da Série A após longo tempo de ostracismo na Academia de Futebol. Até o momento ele só entrou em campo em meio tempo no jogo-treino contra o Guarani durante a parada para a Copa América.