A convocação de ​Talles Magno para a Seleção Brasileira Sub-17 está causando uma verdadeira "guerra" entre CBF e ​​Vasco da Gama. Tudo porque o técnico Vanderlei Luxemburgo se recusa a liberar o jovem atacante​, que vem sendo titular do time, para dois amistosos contra o Chile, sendo que o segundo coincidirá na mesma data - sábado (17) - do clássico contra o Flamengo, em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro. 


A diretoria do Vasco pediu primeiramente à CBF para que o técnico da Seleção, Guilherme Dalla Dea, tirasse Talles, de apenas 17 anos, da lista dos convocados pela urgência do compromisso em seu clube. A entidade rechaçou a possibilidade, o que fez com que o Gigante da Colina soltasse um comunicado, na última segunda-feira (12), negando-se a permitir que a revelação se juntasse à Goiânia para os amistosos. 


Talles Magno Bacelar Martins,João Paulo

Agora o torcedor vascaíno pode pensar: mas, então, Talles está 'regularizado' para jogar o duelo contra o Flamengo? Não seria perigoso o Cruz-Maltino tomar punição em caso de represália? ​perfil "Detetives Vascaínos", do Twitter - que traz informações quentes nos bastidores de São Januário - consultou advogados para falar sobre o caso. Há divisão sobre o caso.


Para uma parte dos profissionais da área jurídica, o fato de os amistosos caírem em uma data que não é da Fifa não impede o atleta de atuar pelo Vasco. Outros consideram a tratativa discutível, já que a CBF não abriu mão dele. De fato, a assessoria da entidade informou que "não desconvocará o atleta". Permanecendo o imbróglio, os advogados sugerem a seguinte ação por parte do clube carioca. 


"É importante que o departamento jurídico do Vasco entre com uma medida cautelar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para assegurar as condições de jogo de Talles", informou o perfil. Esta seria a melhor forma de o clube se prevenir de punições posteriores no Brasileirão, em que a equipe só agora conseguiu se desgarrar do Z-4. 


Nesta terça-feira (13), Bevilacqua, procurador-geral do STJD, considera possível que o Cruzmaltino pode ser punido caso Talles entre em campo na atual situação. "Ele (Talles) está convocado, logo sem condição de jogo pelo Vasco. Mesmo que consiga uma liminar no STJD, existe o risco de no julgamento de mérito derrubar a liminar e alcançar os jogos que ele participou", disse o advogado em entrevista ao ​UOL Esporte

Como "castigo", o time de Luxemburgo pode ter que pagar multa que varia entre R$ 100 a R$ 100 mil. Por escalação irregular do camisa 43, o clube pode perder os pontos conquistados na partida e mais três. Hoje o Vasco está em 15º lugar na classificação do Brasileirão com 17 pontos, seis à frente do Cruzeiro, o primeiro dentro da zona de rebaixamento.