​Em agosto de 2018, Pedro vivia a melhor fase de sua carreira profissional, empilhando gols pelo ​Fluminense e assumindo status de revelação do Brasileirão até aquele momento. Uma grave lesão no joelho, no entanto, mudou completamente o que se desenhava para o futuro imediato do centroavante, já que seu nome circulava à época nos planos de Tite para os primeiros amistosos da Seleção Brasileira pós-Copa do Mundo.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

FBL-SUDAMERICANA-FLUMINENSE-PENAROL

​​Foram meses de recuperação e trabalho intenso para retornar aos gramados, algo que o camisa 9 só conseguiu em meados de abril deste ano. A readaptação após longos meses de inatividade era sabidamente complexa, especialmente pela gravidade da lesão sofrida pelo atleta. Contudo, este processo vem se revelando mais complicado do que o esperado pelo atacante, vítima de duas lesões musculares nos últimos três meses.


Como destaca o ​UOL Esportes, a contusão mais recente aconteceu no último sábado (10), quando o jogador sentiu a coxa durante o duelo contra o Atlético-MG no Independência. Exames de imagem detectaram lesão muscular, com tempo de recuperação previsto para três semanas. Deste modo, o camisa 9 está fora dos compromissos tricolores deste mês de agosto​CSA (Brasileirão) e ​Corinthians (Sul-Americana).

Além de perder partidas importantes pelo Tricolor Carioca, o atacante se vê ainda mais distante do grande sonho de sua carreira: vestir a Amarelinha. Pedro era um dos jogadores observados pela comissão técnica brasileira para os amistosos de setembro contra Colômbia (6/09) e Peru (10/09). Contudo, a nova lesão praticamente tira o camisa 9 dos planos de Tite, afinal, a convocação para estas partidas será já na próxima sexta-feira (16).