Após a vitória importantíssima contra o Goiás, no último domingo (11), Vanderlei Luxemburgo ficou na bronca com a CBF. Tudo porque o técnico da Seleção Brasileira Sub-17, Guilherme Dalla Dea, convocou o atacante Talles Magno, que vem sendo titular do ​Vasco da Gama nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. O garoto de 17 anos vem dando conta do recado em um momento crucial para o clube, que começa a se distanciar do risco de rebaixamento.


Em entrevista coletiva ainda em Goiânia, Luxa criticou bastante o bom senso dos dirigentes da entidade, que já sabiam que Talles vinha sendo utilizado pelo Vasco. Os dois amistosos da Seleção nessa semana serão contra o Chile - na quinta-feira (15) e no sábado (17), esse último coincidindo com o clássico do Cruz-Maltino diante do Flamengo, em Brasília. Por conta disso, a diretoria vascaína pediu uma última vez para que a CBF liberasse o jogador, fato que não aconteceu. 


Bruno Henrique,Talles

Mantida a convocação de Talles, o Vasco soltou um comunicado na noite desta segunda-feira (12) negando que vá ceder o camisa 43 para os amistosos em Goiânia. Talles, dessa maneira, retorna ao Rio de Janeiro e se apresenta para o treinamento com o restante do elenco no CT do Almirante, nesta terça (13). O clube ainda justificou, na nota, respeitar a convocação e saber a importância dessas partidas, mas entende que "o atleta é fundamental para a equipe cruzmaltina na semana de um clássico importante contra o Flamengo".


Talles já havia sido cedido pelo Vasco para a Seleção Sub-17 na convocação anterior, quando disputou outros dois amistosos, mas em São Januário. Os jogos não são realizados em data Fifa, o que reforça a posição cruz-maltina. O Gigante da Colina ressalta que "tem sido parceiro da CBF, tanto que sugeriu que o atacante se apresentasse normalmente à Seleção Brasileira Sub-17 e participasse do primeiro amistoso, sendo liberado apenas do segundo jogo, podendo, assim, enfrentar o Flamengo"

Com a negativa da entidade que gerencia o futebol no país, a diretoria também se manteve irredutível e rechaça liberar sua maior estrela neste momento. O duelo contra o Goiás foi o segundo consecutivo em que Talles começa como titular de Luxa, assim como aconteceu no fim de semana passado contra o CSA, em Cariacica (ES). Os três pontos fizeram com que o Gigante da Colina estacionasse na 15ª posição da tabela, com 17 pontos, seis agora de distância para o Z-4.