Campeonato Brasileiro ou Libertadores da América? A resposta é simples: os dois. Sim, o Flamengo, daqui em diante, deve ir com tudo em ambas as frentes para conseguir algo que nem o histórico time de Zico e companhia conseguiu: ser campeão nacional e do continente na mesma temporada. Para tanto, o clube tem o Maracanã como um grande trunfo.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!




Nos últimos compromissos, independentemente da competição, a torcida rubro-negra tem se mostrado ao lado do time, lotando as arquibancadas de um estádio que tem a sua cara. Em 26 partidas no local neste ano, a média de frequência está em 47 mil pagantes. E isso tem sido sinônimo de vitória. Apenas Fluminense e Peñarol conseguiram bater o Fla no Maraca. No último sábado, nada menos que 53.970 pessoas apoiaram a equipe na vitória diante do Grêmio. O resultado encurtou para cinco pontos a distância para o Santos, líder do Brasileirão, e aumentou a euforia de quem aguarda desde 2013 por uma grande conquista. Aliás, o time carioca é o único 100% até aqui como mandante na disputa, com sete vitórias.



A expectativa é de que os flamenguistas continuem ao lado da equipe até o final do ano. Contra o ​Internacional, dia 21, pela rodada de ida das quartas de final da Libertadores, tudo indica que haverá recorde de público na temporada - a melhor marca até aqui foi frente ao Athletico-PR, pela Copa do Brasil, com 64.844 pagantes. “Não fui educado a dar prioridade a competições. Tento ganhar todas. Como costumo dizer, nós colocamos toda a carne no assador. Queremos ganhar os dois. É com esse propósito que vim para cá”, disse o técnico Jorge Jesus. Será possível?


Para mais notícias do Flamengo, clique ​aqui.