​Quatro dias após sacramentar a ruptura do trabalho de Mano Menezes, o ​Cruzeiro já tem seu novo comandante definido. Agindo rápido no mercado, o clube mineiro buscou sua solução dentro da Série A: trata-se de Rogério Ceni, treinador de 46 anos que estava a frente do Fortaleza desde a temporada passada.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Antes mesmo do anúncio oficial por parte da Raposa, o ​Fortaleza utilizou suas redes sociais oficiais para confirmar a saída do comandante. Pelo Tricolor de Aço, Rogério Ceni disputou 93 partidas, somando 51 vitórias, 18 empates e 24 derrotas, tendo como principais conquistas o Brasileirão Série B (2018), o Cearense (2019) e a Copa do Nordeste (2019). 


Ainda em seu comunicado, o Fortaleza revelou que o Cruzeiro pagará a multa rescisória estabelecida previamente no contrato do técnico. Os valores não foram revelados.

​​Rogério Ceni já se despediu dos jogadores e demais funcionários do Fortaleza, sequer permanecendo no clube cearense para a partida da próxima segunda (12), ​contra o CSA. Na Toca da Raposa, o comandante deve assinar vínculo contratual válido até dezembro de 2020, com ganhos mensais bem superiores em relação aos seus vencimentos no Tricolor.