​Líder do Campeonato Brasileiro e em lua de mel com seu torcedor, o ​Santos se prepara para mais um desafio na competição. Vindo de sete vitórias consecutivas, o Peixe terá pela frente o clássico contra o São Paulo, fora de casa. Se os grandes destaques do clube são estrangeiros como o técnico Jorge Sampaoli e o meia Carlos Sánchez, outro jogador que veio de fora do Brasil não teve a mesma sorte e poderá deixar a equipe em breve.


​​

Bryan Ruiz

O meia Bryan Ruiz, de 33 anos, não está integrado ao elenco do comandante argentino e, aguarda uma proposta do futebol internacional para deixar a Vila Belmiro. O atleta está há pouco mais de um ano no clube, tendo desembarcado em Santos em julho de 2018, sendo uma das principais contratações do Peixe, mas o desempenho dentro de campo não foi o esperado pela direção santista.


Foram apenas 14 jogos no período, com duas assistências e nenhum gol marcado. Seja com o técnico Cuca em 2018 ou com Sampaoli nesta temporada, Bryan não conseguiu mostrar o mesmo futebol dos tempos de Sporting, de Portugal, clube o qual o meia se destacou na Europa. Segundo o site 'Lance', as maiores possibilidades para o jogador são os mercados árabes ou de clubes da Turquia.


O Santos contra com seis estrangeiros no elenco. Os colombianos Felipe Aguilar e Fernando Uribe, o uruguaio Carlos Sánchez, o venezuelano Yeferson Soteldo, o paraguaio Derlis González e o peruano Christian Cueva. Como a CBF só permite que cinco estrangeiros sejam relacionados por rodada, Cueva é quem vem sobrando nas listas. Recentemente, o Botafogo demonstrou interesse no meia, mas o empréstimo foi negado pelo Peixe.