​O atual mercado da bola tem movimentado milhões em suas janelas de transferências todos os anos, tornando o futebol mais do que apenas uma partida de dentro das quatro linhas, mas também um jogo de negócios fora do campo. Com isso, vence quem consegue negociar melhor os seus jogadores. Neste cenário, o ​Blog do Rafael Reis, do ​UOL, enumerou os dez times que mais faturaram com ​​​vendas de jogadores desde a temporada 2010/2011. A gente reproduz para vocês.


Segundo o 'Transfermarkt', site especializado na cobertura do mercado internacional do futebol, nenhum time no planeta sabe ​negociar melhor seus jogadores do que o Benfica. O exemplo mais recente disso está na maior transferência desta janela, a do atacante português de apenas 19 anos, João Felix, vendido ao Atlético de Madrid por 129 milhões de euros (R$ 545,8 milhões). 


No total, desde a temporada 2010/2011, o atual campeão português já arrecadou 969,4 milhões de euros (R$ 4,2 bilhões), contando apenas vendas envolvendo jogadores do elenco profissional da equipe, e excluindo negociações que envolvem atletas das categorias de base do clube. 


Joao Felix

Sozinha, a venda de ​João Felix corresponde a quase 13% do total deste montante, no entanto, ela não foi um golpe de sorte dos mandatários da equipe portuguesa, já que, só nesta década, o Clube da Luz já contabilizou ao menos 11 vendas que chegaram aos 30 milhões de euros (R$ 130 milhões).


O garoto português lidera a listagem dos negócios mais caros do clube, seguido pelo goleiro brasileiro Ederson e do meia belga Axel Witsel, vendidos ao Manchester City e Zenit, respectivamente, por 40 milhões de euros. 


Além do Benfica, outro clube português também aparece entre os 10 clubes que mais lucraram com transferências nos últimos 10 anos. Na oitava colocação com 719,3 milhões de euros (R$ 3,1 bilhões) arrecadados, o Porto mostra que vender bem não é uma característica apenas de seu rival. 


FBL-EUR-C1-PORTO-SCHALKE

É provável que a presença de dois portugueses nesta listagem esteja diretamente ligado ao aproveitamento que os clubes de Portugal fazem com seus jovens jogadores, ainda na categoria de base, os transformando em atletas de alto nível. Além disso, é característica de nossos colonizadores serem fortemente ativos nas contratações de jovens atletas, quando ainda promessas, para desenvolve-los em seus centros de treinamentos. 


Além destes dois, o top 10 dos maiores vendedores do planeta conta com oito times de mais quatro países.​ Atlético de Madrid, Real Madrid e Barcelona representam a Espanha, Roma e Juventus os italianos, Chelsea e Liverpool são os ingleses, e o Monaco é o único francês da lista. Confiram:


Clubes que mais arrecadaramValores​
Benfica (POR) ​964,9 milhões de euros
​Atlético de Madrid (ESP)​952 milhões de euros
​Monaco (FRA)​912,6 milhões de euros
​Chelsea (ING)​884,5 milhões de euros
​Roma (ITA)​792,1 milhões de euros
​Juventus (ITA)​786,8 milhões de euros
​Barcelona (ESP)​755,1 milhões de euros
​Porto (POR)​719,3 milhões de euros
​Real Madrid (ESP)​708,9 milhões de euros
​Liverpool (ING)​702,3 milhões de euros

Vale ressaltar que estes valores estão ligados a transferências feitas apenas entre a temporada 2010/2011 e a janela de transferências desta temporada. Portanto, é possível que, se pegarmos as transferências anteriores, seja dos últimos 20 ou 30 anos, esse ranking seja alterado.