​No jogo mais aguardado deste domingo (21) pela rivalidade entre clubes e peso das camisas, ​Corinthians e ​Flamengo fizeram jogo intenso e equilibrado, com os dois sistemas defensivos prevalecendo sobre os ataques. Em partida de poucas chances reais, nenhuma equipe saiu de campo satisfeita: 1 a 1, gols de Clayson e Gabriel Barbosa, ambos na etapa final.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Primeiro tempo

Danilo Avelar,Vitinho

As duas equipes começaram a partida no gás, disputando cada pedaço do gramado com bastante intensidade. Sem tardar, a primeira finalização perigosa veio dos pés do rubro-negro Diego, obrigando Cássio a fazer ótima defesa. Fundamento importante de seu jogo ofensivo, o Corinthians criou duas grandes chances de gol através da bola parada, ambos em escanteios batidos por Sornoza: no primeiro, Pedrinho obrigou Diego Alves à boa intervenção; no segundo, Manoel subiu mais que a defesa rival e cabeceou firme, tirando tinta do travessão. Com as defesas mostrando segurança e prevalecendo, pouco além disso aconteceu na etapa inicial.


Segundo tempo

Clayson

Antes da bola rolar na segunda etapa, Jorge Jesus foi obrigado a mexer em sua equipe por motivo de lesão, promovendo Berrío no lugar de Vitinho, com dores no joelho. Para desespero do torcedor rubro-negro, o colombiano seria responsável direto pelo gol que abriu o placar... para o Corinthians. Em belo contra-ataque, Fagner arrancou pela direita e tocou para Love, que entrava sozinho e fatalmente balançaria as redes. Berrío, afobado, acabou derrubando o centroavante rival em um trança-pé, pênalti marcado por Vuaden e confirmado pelo VAR. Na cobrança, Clayson deslocou Diego Alves e levou a Fiel à loucura.


Mais confiante com o gol, o time da casa foi pra cima buscando o segundo gol, mas quem viria a balançar as redes seria o Rubro-Negro, em lance pra lá de polêmico. Renê cruzou da esquerda, Arão cabeceou firme e obrigou Cássio a espalmar, com Gabigol pegando sobra e balançando as redes. O bandeirinha chegou a marcar impedimento mas, após revisão de quase seis minutos no VAR, foi constatada mesma linha e o gol foi confirmado. Ainda houve tempo de Berrío ser expulso pelo segundo amarelo, mas o time da casa pouco conseguiu aproveitar da vantagem numérica, já tardia.


Situação na tabela

Diego,Sornoza

Com o empate, o Corinthians foi aos 16 pontos e estacionou na oitava posição da tabela de classificação, com um jogo a menos (Goiás) em relação aos seus concorrentes na disputa pelo G-4. O Flamengo, por sua vez, perdeu grande oportunidade de diminuir a vantagem para os líderes Palmeiras e Santos, chegando aos 21 pontos e permanecendo na terceira colocação, cinco pontos de diferença dos primeiros colocados.