​A torcida do ​Flamengo demonstra estar impaciente com a equipe. A 'lua de mel' entre a Nação e o Rubro-Negro parece ter acabado na última quarta-feira (17), quando o clube acabou eliminado da Copa do Brasil dentro do Maracanã, perdendo a disputa de pênaltis para o Athletico-PR. E um dos jogadores mais cobrados foi justamente um dos três atletas que acabou desperdiçando a cobrança contra os paranaenses.



FBL-BRA-FLAMENGO-FLUMINENSE

O meia Diego foi o grande alvo de protestos da torcida durante o embarque do Flamengo para São Paulo, onde enfrenta o Corinthians neste domingo (21) pelo Campeonato Brasileiro. A informação é do site Flapress. Os cânticos entonados pelos torcedores foram os seguintes: "Não é mole, não, para jogar no Mengo tem que ter disposição"; "ô, ô, ô, ô, quero de volta meu Flamengo vencedor". Na sequência: "Não é mole, não, a Libertadores já virou obrigação" e "não é mole, não, estão se c... dentro do busão"


Quem acabou indo até os torcedores para tentar acalmá-los foi o comandante da equipe, Jorge Jesus. Ele pediu para que ninguém partisse para a agressão física. Os mais irritados cobravam o lateral Pará, o atacante Vitinho e o meia Diego, que inclusive se revoltou e devolveu os insultos. Vídeos da confusão no aeroporto circulam nas redes sociais. Os seguranças do clube tiveram que intervir para garantir a integridade física dos atletas.



Muito pressionado pela torcida, o Flamengo entra em campo no domingo (21), pelo Brasileirão, contra o Corinthians. O jogo, marcado para às 16h (de Brasília) em Itaquera, é uma oportunidade para a equipe se redimir da eliminação sofrida na Copa do Brasil. Na sequência, o Fla viaja para o Equador para iniciar a disputa das oitavas de final da Libertadores da America, contra o Emelec.