​A data de 17 de julho será para sempre lembrada no futebol brasileiro. Foi neste dia, em 1994, que a Seleção levou para casa o quarto troféu de Copa do Mundo em sua história. Num Rose Bowl lotado, nos Estados Unidos, ​Romário, Bebeto e companhia marcaram época com a amarelinha. Depois do empate em 0 a 0 com a Itália, uma prorrogação tensa e uma disputa de pênaltis ainda mais tensa, o tetra veio (né, Galvão?). Em homenagem a este grande dia, portanto, resolvemos trazer para vocês como andam alguns dos principais nomes daquela trajetória. Confiram!


Taffarel

FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-PRESSER

Aos 53 anos, o titular do gol brasileiro naquele mundial hoje ocupa as funções de preparador de goleiros da Seleção Brasileira e do Galatasaray​, da Turquia.


Cafu

FBL-AMERICA-2019-DRAW-ARRIVALS

O ex-lateral (e também capitão do penta) deixou os gramados em 2008 e hoje está com 49 anos. Empreendedor em ramos variados, Cafu tem também uma fundação que leva o seu nome.


Leonardo

FBL-ITA-SERIEA-TORINO-MILAN

Leonardo começou a competição nos EUA como lateral-esquerdo titular, mas sua expulsão diante dos anfitriões fez com que fosse suspenso do torneio. Atualmente, trabalha como dirigente do PSG depois de trabalhar também no Milan. Antes disso, chegou a investir na carreira de treinador.


Jorginho

FBL-SUDAMERICANA-LIGA-VASCO

O lateral-direito titular daquela campanha hoje trabalha como técnico. Acumula passagens no comando de clubes como o Flamengo, o Bahia, o ​Vasco e, atualmente, a Ponte Preta, na Série B.


Bebeto

FBL-BRAZIL-CBF-FIFA-BEBETO

Autor da lendária comemoração "embala nenê" diante da Holanda nas quartas de final daquele ano, o atacante ​Bebeto entrou para a política. Hoje é deputado estadual pelo Rio de Janeiro, sendo eleito até agora para três mandatos consecutivos.


Branco

TO GO WITH PATRICK FORT'S STORY The dir

Também marcou um gol antológico contra a Holanda (que falta!). Aos 55 anos, depois de tentar a carreira de treinador, Branco atualmente é o coordenador de base da Seleção Brasileira.



Dunga

Dunga

O grande capitão daquela geração, Dunga era um líder nato dentro de campo. Tentou levar esta característica para fora das quatro linhas, comandando a própria Seleção Brasileira como técnico em duas oportunidades. Também treinou o Internacional. No momento, está sem clube.


Aldair

Francesco Totti,Aldair

​Ídolo do Flamengo e da Roma nos tempos de jogador, o ex-zagueiro está se aventurando no futevôlei, defendendo as cores do ​Rubro-Negro na Liga Nacional da categoria. Também chegou a jogar showbol.


Zinho

Nunca deixou de se desvincular do futebol, mesmo depois da aposentadoria como atleta. Chegou a ser dirigente no Flamengo e auxiliar-técnico de Jorginho no Vasco, mas atualmente é comentarista do canal Fox Sports.


Raí

FBL-BRAZIL-LITERATURE-RAI

Fundador da Fundação Gol de Letra (na qual é sócio de Leonardo), o camisa 10 do tetra trabalha também como ​diretor-executivo do São Paulo desde o fim de 2017. 


Mauro Silva

FBL-AMERICA-2019-DRAW-ARRIVALS

Ídolo histórico do Deportivo La Coruña, o ex-volante hoje em dia trabalha como vice-presidente de Integração com Atletas da Federação Paulista de Futebol. Está com 51 anos de idade.


Mazinho

Coach Iomar Mazinho of Aris Thessaloniki

Depois de tentar torna-se técnico na Europa, abriu uma escolinha de futebol na cidade de Vigo, onde se estabeleceu nos tempos de jogador. Hoje gerencia também as carreiras de seus filhos, os já bem conhecidos Thiago e Rafinha.


Romário

FBL-NED-ROMARIO-CARNIVAL

Flertou com a possibilidade de ser técnico (chegou a assumir a função no Vasco), mas firmou-se mesmo na política. Eleito deputado federal com expressiva votação, depois galgou novos passos e hoje é Senador da República pelo Rio de Janeiro. Tentou ser governador em 2018, mas ficou apenas na 4ª posição.