​Badalado após grande ​Copa América pela Seleção Brasileira, Everton Cebolinha deve ter sua rotina adaptada no Grêmio, ao menos nas próximas semanas. A pedido de Renato Gaúcho, o clube deve diminuir consideravelmente a exposição de seu principal jogador, blindagem considerada fundamental pelo treinador para que o atacante siga focado.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​De acordo com o ​UOL Esportes, a sugestão do treinador gaúcho foi prontamente acatada pela diretoria, com o claro objetivo de manter o atacante de 23 anos concentrado nos treinos, partidas e demais atividades. Rareando cada vez mais as entrevistas de Everton, comissão técnica e clube planejam afastá-lo das inúmeras perguntas sobre sondagens, especulações e destino futuro, afinal, seu nome ganhou mais força na Europa após brilhar pelo Brasil.


"Tirar do foco não é tirar do jogo. Jogar ele tem que jogar. Pela minha experiência, a melhor coisa a se fazer é tirar ele do foco de vocês. Deixa ele focado no trabalho, no bom sentido. Vocês vão fazer 50 perguntas a ele e duvido que uma seja diferente do assunto da saída dele. Hoje, o Everton é o melhor jogador do futebol brasileiro. Vai sair do foco das entrevistas, mas vai jogar", afirmou o treinador.

Everton

Detentor de 50% do passe do atacante,​Grêmio dá sinais de que só analisará propostas a partir de 40 milhões de euros, montante que a diretoria planeja faturar com essa fatia dos direitos econômicos que detém. Vale lembrar que Everton tem contrato com o clube gaúcho até dezembro de 2022.