​Campeão da Champions League e tido por muitos como o melhor goleiro da temporada, ​Alisson está com a moral nas nuvens. Um ano depois de ter sido questionado como titular da Seleção Brasileira durante a disputa da Copa do Mundo, o atleta do Liverpool deu a volta por cima e confirmou suas qualidades. Agora na ​Copa América não tem sido muito diferente.



Marcelo Moreno,Muriel

O time comandado pelo técnico Tite chega à ​decisão contra o Peru com o histórico número de nenhum gol sofrido na competição. Mérito coletivo, claro, mas que também passa pelas mãos do jogador revelado pelo Internacional. Para a partida deste domingo, Alisson terá um apoio mais que especial: seu irmão Muriel​recém-fechado com o Fluminense, se fará presente. Foi o que o próprio revelou, em entrevista concedida ao site ​GloboEsporte:


"Esses últimos dias foram bem corridos porque estávamos decidindo nosso futuro e as conversas com o Fluminense avançaram de forma rápida. Estou no Rio e, com certeza, irei ao Maracanã para ver o meu irmão. Se Deus quiser, ele conseguirá ajudar a seleção a ser campeã e dará essa alegria ao povo brasileiro", contou Muriel.



Para o decisivo duelo de logo mais, o Brasil deve ir a campo com Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luis (Alex Sandro); Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Everton.