Desde que Jonathan Calleri deixou o ​São Paulo, a torcida do Tricolor sonha com a sua volta, tamanha foi a identificação e a resposta dada dentro das quatro linhas. A cada janela de transferências, os são-paulinos chegam a fazer campanha para tentar seduzir o atleta a retornar ao Morumbi. Só que não será dessa vez que o retorno irá se concretizar.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!




Aos 25 anos, o atacante argentino deverá seguir no futebol espanhol, tanto que já conversa para renovar o seu contrato junto ao Alavés - o jogador ainda pertence ao Deportivo Maldonado, do Uruguai. Depois de marcar 16 gols em 31 jogos pelo São Paulo no primeiro semestre de 2016, Calleri já passou também por West Ham, da Inglaterra, e Las Palmas, da Espanha.



Sem o argentino, o avante a desembarcar no Morumbi deve ser mesmo Raniel, do ​Cruzeiro. O jovem, que acabou perdendo espaço com o técnico Mano Menezes (atualmente, é a terceira opção de centroavante, atrás de Fred e Sassá), tem acerto encaminhado, tanto que nem apareceu em campo para treinar nesta quarta-feira. Para liberar o jogador, a Raposa irá receber em torno de 3 milhões de euros, o equivalente a cerca de R$ 13 milhões. No entanto, ficará com 65% do valor, que correspondente ao que detém dos direitos econômicos.


Para mais notícias do São Paulo, clique ​aqui.