​Contratado pelo Santos a pedido de Cuca, ainda na temporada passada, Felippe Cardoso está de malas prontas para defender o ​Ceará no segundo semestre de 2019. O atacante tem contrato com o Peixe até 2023, mas será emprestado para o rival alvinegro para ganhar minutos e ritmo de jogo, tentando afastar em definitivo a sequência de lesões que o assola desde sua chegada à Vila Belmiro.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Como destaca o ​UOL Esportes, o atacante de 20 anos foi contratado com status de aposta, recomendado diretamente por Cuca em meio à 'crise' de camisas 9 vivida pelo Peixe. Os inúmeros e consecutivos problemas físicos acabaram reduzindo o atleta a pouquíssimas atuações e apenas um gol anotado, em dez meses vestindo a camisa santista.


Além da baixíssima produtividade e lesões consecutivas, o desgaste entre as partes pesou para a decisão de negociar o jogador. Sem espaço com Jorge Sampaoli - seu último jogo foi no dia 20 de março, pelo Campeonato Paulista -, Felippe Cardoso acabou virando uma opção para o Sub-23 alvinegro, que disputa o Brasileirão de Aspirantes

Acontece que o centroavante se recusou a entrar em campo pelo time comandado por Leandro Mehlich, irritando o treinador do Sub-23 e também a comissão técnica principal. O Santos via no Brasileirão de Aspirantes uma oportunidade para o jogador somar minutos e retomar confiança, mas essa conduta arredia e considerada pouco profissional acabou 'cavando' sua despedida da Vila Belmiro.