​Dentre todas as incertezas que cercam o elenco do ​São Paulo neste momento da temporada, a posição de goleiro é um verdadeiro alento para comissão técnica e torcedores. Problema crônico do clube desde a aposentadoria do ídolo Rogério Ceni, a meta parecia que seria dor de cabeça no início do ano, por conta das atuações erráticas do recém-chegado Volpi. Contudo, chegamos em junho e o camisa 23 foi de instável à pilar do time.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Como destaca o ​UOL Esportes, sua contratação foi motivo de celebração por parte dos são-paulinos, insatisfeitos com a sequência de tentativas malsucedidas com Denis, Renan Ribeiro, Sidão e Jean. Volpi, portanto, chegava com status de solução para os problemas no setor, mas seus primeiros meses no Morumbi não seguiram o enredo esperado pela torcida.

As atuações irregulares na Florida Cup e erros técnicos durante o Campeonato Paulista - com falhas nos clássicos contra Santos e Corinthians -, aumentaram os questionamentos sobre o potencial do camisa 23. O cenário ainda se agravou após a internet viralizar uma mentira sobre o goleiro: um vídeo de seu primeiro dia de trabalho no Morumbi ​foi divulgado como se fosse sua rotina de treino, com torcedores ironizando a baixa carga de atividades ao arqueiro.


Mas esse tempo ficou para trás a partir de abril, quando a maré virou totalmente para o atleta. Atualmente, Volpi tem sido um dos pilares do sistema defensivo tricolor, trazendo a tão sonhada segurança sob as traves, estranha ao torcedor do São Paulo desde a aposentadoria de Ceni. Com 29 defesas totais em nove partidas disputadas, o goleiro é um dos líderes do Brasileirão neste fundamento (veja o ranking ​aqui).

Fabio Santos,Volpi