​Em 17 de julho, o tetracampeonato mundial da seleção brasileira, conquistado na Copa dos Estados Unidos em 1994, completará 25 anos. Pois nos dias 12 e 13 do próximo mês, a CBF irá homenagear os campeões em um evento na Granja Comary, em Teresópolis. Porém, a festa não terá a presença do principal astro da equipe.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!



FUSSBALL: WM 1994, Finale


O atacante Romário, que é crítico contumaz da entidade, disse que, inicialmente, a ideia era fazer uma celebração separada da confederação, tanto que chegou a estar em contato com os ex-companheiros para tratar do tema. Agora, nem no grupo WhatsApp está. “Quando eles falaram, eu estava dentro totalmente. Depois, me passaram que a CBF entendeu que era importante para ela essa conquista, que faz parte da história, quis participar e resolveu organizar. A maioria dos jogadores entendeu que seria bom fazer a festa junto com a CBF. É um direito deles, cada um tem seu pensamento. Mas a partir do momento que a CBF entrou, eu saí. Me sinto muito feliz em não participar dessa comemoração do tetra pelo simples fato de a CBF estar presente”, afirmou o Baixinho em contato com o ​Globoesporte.com.


SOCCER-WORLD CUP-1994-BRA-ITA


A sugestão da celebração partiu justamente de seu companheiro de ataque, Bebeto, que recentemente esteve no centro de treinamento da região serrana do Rio de Janeiro para um evento. No entanto, ao menos nesta ocasião, a dupla não estará lado a lado. O tetra foi garantido nas cobranças de pênaltis depois de um empate sem gols no tempo normal e na prorrogação diante da Itália. Na ocasião, o Brasil quebrou uma sequência de 24 anos sem títulos mundiais.