​Na próxima terça-feira (18), a ​Copa América de 2019 viverá as emoções de seus primeiros jogos da segunda rodada da fase de grupos. Abrindo os trabalhos no Grupo A, teremos Peru e Bolívia se enfrentando no Rio de Janeiro, duelo de fundamental importância para os dois selecionados. Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre esta partida:


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!


​​Ficha técnica e onde assistir


Ficha técnica:​Bolívia x Peru​
Motivo:​Segunda rodada do Grupo A da Copa América 2019
​Data:​18/06/2019
​Hora:​18h30 (de Brasília)
Local:​Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro:​Roddy Zambrano (EQU)
​Árbitro de VAR:​Esteban Ostojich (URU)
Onde assistir:​SporTV


Prováveis escalações


FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-BOL

Diferentemente da partida de estreia contra o Brasil - quando assumiu definitivamente a posição de azarão e optou apenas por se defender -, a Bolívia deve se abrir um pouco mais para o duelo desta segunda rodada. O treinador Eduardo Villegas estuda fazer duas alterações: Saúl Torres, lateral mais ofensivo, no lugar de Bejarano; e o atacante Leo Vaca no lugar de um dos meias da equipe, para que Marcelo Moreno tenha uma companhia na frente.


Com dois gols anulados, o Peru ficou em um empate frustrante por 0 a 0 contra a Venezuela, já se vendo pressionado a triunfar contra a seleção teoricamente mais 'frágil' do grupo se quiser avançar ao mata-mata. Ainda assim, Ricardo Gareca não deve mexer na estrutura de seu time, por julgar que seus comandados produziram em bom nível mesmo no tropeço.


​Provável Bolívia:​Lampe; Saúl Torres (Bejarano), Haquín, Jusino, M. Bejarano; Justiniano, Saucedo, Raúl Castro, Chumacero; Leo Vaca (Saavedra) e Marcelo Moreno.
​Provável Peru:​Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram e Trauco; Tapia, Gonzáles, Yotún, Cueva e Farfán; Paolo Guerrero.

Nosso palpite


Venezuela v Peru: Group A - Copa America Brazil 2019

Tecnicamente falando, a Seleção do Peru tem mais recursos individuais e mais jogadores com potencial decisivo, incluindo velhos conhecidos da Série A como Cueva e Paolo Guerrero. Mesmo que esbarrando em finalizações ruins ou até mesmo falta de sorte, a equipe rojiblanca mostrou bem mais futebol em comparação aos bolivianos, que terminaram a partida contra a Seleção Brasileira com menos de 25% de posse de bola. Acredito em domínio peruano no Maracanã, com seu camisa 9 desencantando no estádio em que se acostumou a brilhar.


Palpite final: Peru 2 x 0 Bolívia