​A diretoria do ​Flamengo está empenhada em buscar reforços para o novo treinador, o português Jorge Jesus, contratado para substituir Abel Braga. A pausa no calendário do futebol brasileiro para a disputa da Copa América, que iniciou na sexta-feira, 14, tem tudo para ser movimentada no ​Rubro-Negro. Enquanto pode perder jogadores, o clube deve qualificar ainda mais seu grupo.


​De acordo com informação do repórter Gustavo Henrique, a diretoria insiste na contratação de Thiago Maia, revelado pelo Santos e atualmente no Lille, da França. O jogador é um alvo antigo e o clube esteve muito próximo de fechar o negócio por R$ 28 milhões, mas recuou após mudanças na pedida. O investidor do clube francês exigiu preferência de compra da jovem revelação Reinier, de apenas 17 anos e presença constante na base da Seleção Brasileira, para liberar o volante.


FBL-FRA-LIGUE1-CAEN-LILLE

Insatisfeito, o Flamengo recuou nas tratativas. A multa rescisória de Reinier é de 70 milhões de euros (cerca de R$ 311 milhões), e clubes gigantes, como o Real Madrid, já demonstraram interesse no meia. Agora, o Rubro-negro retomou as negociações, mas mudou os termos. A diretoria apresentou proposta de empréstimo de um ano, por R$ 1 milhão de euros, pagando os salários de Thiago Maia, que giram na casa dos 150 mil euros (aproximadamente R$ 650 mil).


A preocupação é por uma possível saída de Cuéllar. Nos últimos dias, o Flamengo perdeu Ramires para o Palmeiras. Apesar de o presidente Rodolfo Landim ter afirmado que o colombiano, titular absoluto da equipe, só será negociado pelo valor da multa rescisória, uma proposta na casa dos 20 milhões de euros (R$ 87,38 milhões) deve tirar o volante do Rubro-Negro. O West Ham, da Inglaterra, já demonstrou interesse na contratação.