​Em vias de perder o seu artilheiro da temporada, o ​Fluminense vive o temor de que novas baixas aconteceram durante a pausa no calendário para a disputa da Copa América. Isso porque o atacante Luciano, autor de 15 gols em 2019, recebeu proposta de outro clube da Série A e pediu para não completar o sétimo jogo no Brasileirão pelo Tricolor, sinalizando que deixará as Laranjeiras.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Fluminense v Flamengo - Brasileirao Series A 2019

​​Como destaca o ​UOL Esportes, a cúpula de futebol do Fluminense não admite publicamente, mas teme que o 'exemplo' de Luciano seja seguido por outros atletas, insatisfeitos com os dois meses de atraso salarial e cinco meses sem pagamento de direitos de imagem


Há casos que inspiram cautela por parte do clube, já que alguns outros pilares do elenco ainda não completaram sete partidas no Brasileirão: Pedro, Ganso e Gilberto, por exemplo, são alguns dos casos que preocupam. O colombiano Yony González, por sua vez, fechou as sete partidas mas não tem continuidade assegurada no clube para a próxima temporada, justamente por ser um dos mais incomodados com os contantes atrasos.

Vivendo inúmeros problemas financeiros e administrativos, o Tricolor Carioca ocupa a 16ª posição da tabela de classificação, flertando com a zona de rebaixamento. As baixas por lesão e despedidas precoces por conta de atrasos incomodam Fernando Diniz, que clamou por uma mudança de cenário no pós-Copa América.


"Depois que fechar a janela, temos de ter um time que vai permanecer, para dar um padrão. Começamos a formar um time e alguns jogadores estão se destacando e saindo. O Ibañez saiu, o Everaldo saiu, o Luciano está saindo com 15 gols. Importante para a equipe, um dos capitães. Deveria estar aqui, tem contrato. Não sei o que vai acontecer", afirmou.