No futebol moderno, um goleiro com 1,81m é considerado baixo. Mas isso não impede que o venezuelano Wuilker Fariñez tenha negociação para defender o Barcelona.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!



FBL-VEN-MEDIA DAY


Recentemente, o pai do atleta de 21 anos admitiu a existência de conversas avançadas com o clube catalão, o que representaria o ápice de sua carreira. Depois de iniciar no Caracas, time do seu país, ele viu suas boas atuações o levarem ao Millonarios, da Colômbia, em 2017. No clube de Bogotá, foi titular em dois jogos contra o ​Corinthians pela Libertadores do ano seguinte e se apresentou como um dos destaques da equipe. Sem ser vazado, ajudou a garantir um empate em 0 a 0 em casa e uma surpreendente vitória por 1 a 0 em São Paulo.


Jasper Cillessen


Caso realmente vá para o Barça, ele deve se transformar no substituto do holandês Jasper Cillessen, que pode deixar o Camp Nou em busca de mais espaço. No entanto, Fariñez, que esteve presente no time sub-20 que foi vice-campeão mundial há duas temporadas, prefere não comentar muito sobre o tema. “Até o momento não tenho nada a falar sobre isso. Estou focado na Copa América e, depois disso, poderei pensar no meu futuro”, destacou. Com a camisa da seleção venezuelana, o arqueiro se destaca a cada treino e conta com a admiração dos companheiros. “Quando temos um bom goleiro, que dê tranquilidade e confiança, começamos a saber que temos um bom time. Ele tem a maturidade para ir para a Europa”, disse o técnico Rafael Dudamel, que serve de inspiração para o atleta, uma vez que defendeu a meta de seu país entre 1993 e 2010.