​Na manhã deste domingo (9), a Seleção Brasileira Feminina fez sua estreia na ​Copa do Mundo de 2019. Jogando no Stade des Alpes, em Grenoble, a equipe verde e amarela escanteou a má fase, jogou bem e conquistou importante vitória por 3 a 0 contra a Jamaica, iniciando com o pé direito sua caminhada no grupo C do Mundial. A dona da partida foi a centroavante Cristiane, autora dos três gols canarinhos no jogo.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Primeiro tempo

Christiane

Com o pé no acelerador desde a saída de bola, a Seleção Brasileira quase abriu o placar ainda nos primeiros minutos de jogo, mas viu a ótima goleira Schneider conseguir intervenção crucial diante de Debinha, que entrava sozinha e em alta velocidade na área jamaicana. Apesar da chance perdida, o time canarinho não esmoreceu e seguiu pressionando, até abrir o marcador aos 15' com Cristiane, após belo cruzamento de Andressa Alves. 


Os espaços seguiram aparecendo com Debinha e Andressa bem pelos lados, mas pecando nas tomadas de decisão e conclusões por afobação. A Jamaica, por sua vez, tentou assustar no contra-ataque e levou perigo à meta brasileira em duas oportunidades, ambas com a perigosa Shaw. Nas duas, no entanto, a goleira Bárbara brilhou e garantiu o zero no marcador rival. Já na reta final da primeira etapa, o Brasil teve penalidade questionável a seu favor - lance de bola na mão -, mas Andressa acabou batendo mal e parando em Schneider.


Segundo tempo

FBL-WC-2019-WOMEN-MATCH6-BRA-JAM

A Canarinho voltou para o segundo tempo com o mesmo ímpeto da primeira etapa, mas obstinada a trabalhar com mais carinho e cuidado os lances agudos e últimos passes. Envolvendo a defesa adversária, o segundo gol pintou com naturalidade logo aos 5': cruzamento do lado direito e Cristiane, com oportunismo, completando de carrinho para o golCom 2 a 0 no marcador, a Seleção Brasileira acalmou os ânimos e ansiedade da estreia, tomando em definitivo as rédeas da partida.


Debinha continuou mostrando muito gás e sendo a principal válvula de escape da equipe, atormentando a lateral Bond-Flasza pelo lado direito. Mas o dia era de Cristiane, e não tinha pra mais ninguém: em jogada individual, a camisa 11 brasileira foi derrubada na altura da meia-lua e chamou a responsabilidade para a cobrança da falta. Com um petardo no canto da goleira, a atacante brasileira viu a bola explodir na trave e pingar dentro do gol, tento confirmado pela tecnologia de goal-line.​ Hattrick da centroavante e festa brasileira.


Com 3 a 0 no marcador, Vadão conseguiu rodar o time e fazer alterações, promovendo Geyse e Ludmila. A camisa 19 ainda teve duas chances claras de gol para aumentar o marcador, mas ficou no quase nas duas oportunidades. 

Christiane


Situação da chave C

Mais cedo neste domingo (9), Itália e Austrália se enfrentaram no outro jogo do grupo, com a equipe europeia surpreendendo e vencendo de virada por 2 a 1. ​Os resultados de primeira rodada, portanto, colocam o time brasileiro na liderança da chave, podendo garantir sua classificação já na segunda partida, quando enfrentam as australianas.