No próximo sábado (1º), Tottenham e Liverpool protagonizarão o jogo mais aguardado da temporada: a grande decisão da ​Champions League 2018/19. Evento esportivo de alcance mundial e grande relevância, a final europeia carrega consigo um gigantesco potencial atrativo, sempre testemunhado em seus altos índices de audiência, anualmente. Mas como uma partida desta magnitude impacta, modifica e influencia a dinâmica de uma cidade? É isso que descobriremos ao destrinchar Madri, palco do duelo, às vésperas do confronto inglês:


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Circulação de pessoas e turismo

FBL-EUR-C1-FEATURE

Com capacidade para receber quase 70 mil expectadores, o ​Wanda Metropolitano certamente estará abarrotado para a decisão. De acordo com os prognósticos da UEFA, cerca de 34 mil torcedores ingleses adquiriram ingresso para a partida, mas o número de britânicos que já se deslocaram ou se deslocarão rumo à capital espanhola pode chegar aos 100 mil. 


A Confederação Empresarial de Madrid e a União Empresarial Turística divergem no número total de arrecadação esperada, mas suas respectivas estimativas a nível de retenção de receita à cidade se aproximam: entre 62,5 e 66 milhões de euros ficarão em Madrid, de acordo com os órgãos citados. Espera-se que turistas gastem algo em torno de 150 euros diariamente (sem contar com hospedagem), e que mais de 350 mil pessoas, de diversas nacionalidades, passem pela cidade às vésperas, no dia e após a partida.


Voos e passagens aéreas

No que diz respeito ao deslocamento e passagens aéreas, restam poucos voos diretos de Londres para Madrid ainda à disposição. Os que existem, obviamente, estão inflacionados: partindo da capital inglesa na sexta-feira (31), o voo mais barato custaria 187 euros; saindo na manhã de sábado, dia da partida, as alternativas mais acessíveis financeiramente giram em torno de 450 a 580 euros. A nível de comparação, um voo 'normal' para desembarcar em Madri com o jogo já em andamento custa 'apenas' 110 euros, quatro vezes menos.


Para regressar às terras londrinas no dia seguinte ao duelo, a situação é complicadíssima para quem não comprou passagem antecipada: voos sem escalas saindo de Madri para Londres estão custando incríveis 967 euros. Torcedores oriundos da própria cidade de Liverpool vivem cenário mais tranquilo: há voos disponíveis saindo direto da cidade dos Beatles na sexta e no sábado, custando entre 200 e 400 euros. De Madrid para Liverpool, é possível encontrar passagens com custo médio de 270 a 300 euros ainda à venda.


Acomodações, comércio e empregos

Se as passagens aéreas ligando Londres e Madrid viraram 'artigo de luxo' nesta semana, o mesmo se pode dizer das acomodações para turistas na capital espanhola. A Associação Empresarial Hoteleira de Madri estima uma ocupação de 95% das instalações disponíveis na cidade para o dia 1 de junho. Em aplicativos de busca e reserva de hotéis, os preços para esta diária variam entre 226 e 5000 euros, variação superior aos 200% das últimas finais continentais, mas inferior aos 637% de valorização que se testemunhou em Kiev (2017/18).

Albergues tipo hostel tiveram procura triplicada para este fim de semana específico, assim como a demanda em aplicativos de acomodação independentes, como o AirBnB, que traz precificação praticamente quintuplicada em relação ao seu padrão. De acordo com a estimativa da União Empresarial Turística de Madri, o setor de hotelaria captará cerca de 18 milhões de euros neste 'boom' turístico proporcionado pela decisão da Champions League. 


Não há números exatos divulgados a respeito de contratação de pessoal e/ou geração de empregos na indústria do comércio, mas presume-se que, pela alta demanda, mais gente estará trabalhando nos restaurantes, lojas, etc. A UEFA, por sinal, contratou mais de 400 pessoas para prestação de serviços variados, dentro e nos arredores do Estádio Wanda Metropolitano. Em contrapartida, há hotéis e outros estabelecimentos que sinalizam não abrir as portas no sábado, temendo o comportamento dos torcedores ingleses ('hooliganismo').


Quer saber todos os detalhes sobre este duelo entre Tottenham e Liverpool? Clique ​aqui.