​Sem os desejados títulos em 2018/2019, como o Campeonato Espanhol e da Champions League, o Real Madr​id vai abrir os cofres para a próxima temporada. O clube espanhol estuda a contratação de vários jogadores para voltar a levantar as taças após um ano apagado e de reformulação após o tricampeonato europeu. E, para isso, pode bater o recorde de uma janela de transferências.



O atual recorde pertence ao próprio clube merengue, que na temporada 2009/2010 contratou em peso diversas estrelas do futebol na época como Cristiano Ronaldo, Kaká, Benzema, Xabi Alonso, Arbeloa e Raul Albiol. O time merengue gastou 254 milhões de euros na época para contratar todos estes jogadores. Em reais, hoje, o valor ultrapassa a casa do 1 bilhão.


Já para a próxima janela de transferências, o Real Madrid tem dois jogadores contratados, ambos brasileiros: Eder Militão, do Porto, e Rodrygo, do Santos. Juntos, eles chegam na casa dos 95 milhões de euros, somados, o que já aproxima do recorde de gastos em uma janela tendo em vista que o mercado da bola começará a ficar mais quente nas próximas semanas, podendo aumentar os valores gastos.


Se contratar Hazard e Jovic, como se é esperado pelos lados do Santiago Bernabéu, os valores já ultrapassarão os da temporada 2009/2010. Isso porque o belga tem uma multa na casa dos 140 milhões de euros, enquanto o jogador do Frankfurt está avaliado em 60 milhões de euros. Assim, confirmada mais estas duas contratações, o Real já teria batido o recorde de investimento em uma única temporada do futebol.