​Neste domingo (19), o Vasco entra em campo em São Januário para encarar o Avaí, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O encontro entre lanterna e vice-lanterna marcará a estreia de ​Vanderlei Luxemburgo no comando do Cruzmaltino, 'casamento' que traz muito em jogo tanto para o treinador, quanto para o clube


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Como lembra o ​UOL Esportes, Luxemburgo estava em 'exílio forçado' no futebol brasileiro há um ano e sete meses, sem aparecer na área técnica de uma equipe desde o dia 27 de outubro de 2017, data em que foi demitido ainda no vestiário do Sport após uma derrota. A sequência de trabalhos ruins na Série A colocou o multicampeão no ostracismo dos treinadores, sendo julgado por muitos como ultrapassado e retrógrado.


Seu inesperado retorno à cena nacional acontece no Vasco, clube gigante que vem enfrentando os piores anos de sua história desde a década passada. São três rebaixamentos em menos de 15 anos, e um começo de Brasileirão 2019 que faz o torcedor cruzmaltino temer o quarto: apenas um ponto somado em quatro partidas, com duas goleadas sofridas

Ao aceitar o desafio de comandar o clube de São Januário, Luxemburgo terá a missão de buscar uma 'recuperação dupla': regenerar sua imagem enquanto treinador e resgatar moralmente o clube carioca. Após primeiros dias de muito trabalho, o comandante já sinaliza mudanças importantes, com retornos de jogadores 'escanteados' como Andrey e Bruno César.


"Minha proposta é vir para cá para trabalhar muito e recuperar a autoestima do clube. As pessoas colocaram como um desafio, mas é uma possibilidade muito boa para o Vasco e para mim. O passado recente do Vasco não é bonito, com três quedas. Mas o passado do Vasco é uma coisa muito bonita", afirmou o treinador.

Para ler mais informações sobre a partida entre Vasco e Avaí, clique ​aqui.