​Restando exatamente um mês para o início da ​​Copa do Mundo Feminina de 2019, a Seleção Brasileira entra em contagem regressiva em sua preparação. Apesar do clima de bastidores não ser dos melhores - a equipe verde e amarela perdeu os últimos nove jogos que disputou ​sob comando do questionado Vadão -, as expectativas para o Mundial na França seguem altas, especialmente considerando as 'circunstâncias' especiais que cercam este torneio.


Como destaca o ​Blog Dibradoras, esta Copa do Mundo promete ser o 'último ato conjunto' do maior trio da história do nosso futebol: Formiga, Marta e Cristiane. Nomes fundamentais para a consolidação da modalidade no país, as três figuram em convocações da Canarinho há longos anos, especialmente Formiga, lembrada pela primeira vez ainda em 1995. A volante que disputará nada menos que sua sétima edição de Mundial, recordista absoluta na história deste esporte. Ao todo, soma 160 jogos pela Seleção, o que também é recorde.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

FBL-WC-2015-WOMEN-BRA-TRAINING

Cristiane, maior artilheira da história dos Jogos Olímpicos, retorna a uma convocação após período 'afastada' para disputar sua última competição oficial com a camisa verde e amarela. Por fim, aos 36 anos de idade, a ​Rainha Marta dispensa apresentações: eleita seis vezes melhor do mundo, certamente está entre as três maiores atletas do esporte brasileiro. As duas defendem a Seleção Brasileira desde 2003, fazendo parte dos grupos medalhistas de prata nas Olimpíadas de 2004 e 2008, além do vice-mundial em 2007.


Se a força deste trio será suficiente para conduzir o Brasil ao inédito título de Copa Feminina, é difícil saber. Coletivamente, é fato que a Seleção Brasileira está muito atrás de potências como França, Inglaterra, Estados Unidos, Alemanha e Japão. Mas nunca podemos duvidar da fibra de Formiga, da genialidade de Marta e da letalidade de Cristiane. 

FBL-WC-2015-WOMEN-BRA-TRAINING

Para ler mais notícias do futebol feminino, clique ​aqui.